Main Slider

Após 24 dias, prefeitura de Cotia se manifesta sobre Zona Azul e diz que multas serão aplicadas a partir de agosto

Prefeitura menciona que desde junho faz orientação, mas na verdade o comunicado diz que a mudança já estava em vigor.



No dia 21 de junho, a prefeitura de Cotia começou a comunicar aos motoristas que param em vagas de Zona Azul na cidade que seriam autuados caso ficassem mais de 2 horas na vaga ou que não efetuasse o pagamento assim que estacionasse o veículo.

No mesmo dia o Cotia e Cia questionou a prefeitura de Cotia para obter mais informações sobre as novas regras, porém a mesma não retornou nossos contatos, na última sexta-feira (9), novamente questionamos a assessoria de imprensa sobre o assunto, mas a pasta não se manifestou.

Somente nesta quinta-feira (15), após 24 dias desde o começo dos comunicados e consequente publicação da notícia no Cotia e Cia (relembre aqui) e outros órgãos de imprensa da cidade que a prefeitura publicou em seu site as alterações das regras de Zona Azul.

Com a reformulação, os motoristas deverão fazer a aquisição do crédito quando estacionarem, para tanto, podem usar um dos postos credenciados ou o aplicativo Panda Parking [veja abaixo]. Não há, portanto, período de regularização a posteriori para evitar a multa prevista no Código de Trânsito Brasileiro, a multa é de R$195,23, além de quatro pontos na CNH.

A prefeitura menciona que desde junho deste ano, a Setrams e a Dinâmica fazem um trabalho de orientação aos motoristas informando que não haverá possibilidade de regularização depois do uso da vaga, porém a verdade é que no comunicado deixado nos veículos não fala sobre orientação e sim que a mudança já estaria em vigor.

Na nota publicada pela prefeitura a mesma afirma que " em meados de agosto, deve ser iniciada a fiscalização."

A Setram reforçou a sinalização vertical e horizontal nas vagas de zona azul, as placas informam que a permanência na vaga é de no máximo duas horas. Após este período o veículo deve ser retirado e colocado em outra vaga seguindo a mesma regra. Foram implantadas cabines de aquisição de crédito de zona azul, novos estabelecimentos credenciados e o aplicativo atualizado.

Veículos utilizados ou a serviço de pessoas com deficiência têm isenção total do pagamento de zona azul, desde que estejam com a credencial e estacionados nas vagas com o "símbolo internacional de acesso". Já no caso de idosos, a isenção é de até duas horas, desde que estejam com a credencial e em vaga apropriada.