Main Slider

Fase emergencial: Comércios no centro de Cotia amanhecem com avisos de vendas pelo WhatsApp


Cotia e Cia esteve no centro da cidade no primeiro dia da fase econômica mais restritiva apresentada pelo governo paulista desde o início da pandemia

De portas fechadas, comerciantes anunciam vendas pelo aplicativo. Foto: Neto Rossi / Cotia e Cia  



Nesta segunda-feira (15), primeiro dia da fase emergencial do Plano SP, os comércios na região central de Cotia amanheceram com as portas fechadas e com avisos de vendas apenas por telefone ou WhatsApp.

A reportagem esteve no centro nesta manhã e presenciou apenas estabelecimentos, considerados como essenciais pelo governo paulista, abertos. Farmácias, açougues e mercados estavam funcionando normalmente.
Fase emergencial em Cotia. Foto: Neto Rossi / Cotia e Cia 



O movimento estava bem abaixo do comum na região central da cidade. Algumas pessoas caminhavam pelas ruas sem máscaras. A reportagem também presenciou algumas viaturas da Guarda Civil Municipal (GCM) pelas ruas.

Cotia e Cia questionou a prefeitura se houve alguma irregularidade durante a fiscalização na manhã de hoje. Em nota, informou que a Secretaria de Indústria, Comércio e Empreendedorismo está trabalhando com todo seu efetivo. Disse também que diversas notificações estão sendo realizadas e reuniões com o corpo técnico da Secretaria e comerciantes/empresários que desrespeitam as determinações no que tange à fase vermelha emergencial do Plano SP e decretos municipais.

No final de semana retrasado, quando o município ainda estava na fase vermelha, a administração municipal disse que 14 estabelecimentos tinham sido notificados por descumprirem as determinações sanitárias. Fiscais da Secretaria de Indústria, Comércio e Empreendedorismo, junto com a Guarda Municipal e Vigilância Sanitária estiveram em cerca de 120 estabelecimentos orientando os comerciantes a cessarem suas atividades por não se enquadrar em serviços essenciais.

Os comerciantes de Cotia afetados pelas restrições governamentais foram às ruas da cidade em ato contra o fechamento de seus estabelecimentos na quarta-feira passada (10). A manifestação saiu da câmara municipal e seguiu até a prefeitura.

Em vídeo, o prefeito Rogério Franco reconheceu o momento difícil que os comerciantes estão enfrentando, mas não deu sinais de voltas atrás das medidas duras implementadas pelo governo do estado.

“Sabemos que é um momento muito difícil para todos, mas é um momento em que devemos ter o distanciamento, pois é o único remédio para aqueles que ainda não foram vacinados. Vamos continuar com união para passar por esse momento difícil. Não tenho dúvidas que vai passar, mas enquanto isso, temos que estar unidos para proteger a vida das pessoas”, refletiu.

(ESSA REPORTAGEM FOI ATUALIZADA ÀS 14H09 DO DIA 16/03/2021 COM A NOTA DA PREFEITURA DE COTIA)