Main Slider

Câmara de Cotia aprova projeto que coloca academias como serviços essenciais durante a fase vermelha


Projeto de lei, de autoria dos vereadores Felipe Variedade (Pros) e Edson Silva (Repub), depende de aprovação do prefeito Rogério Franco

Sessão aconteceu nesta terça-feira (9). Foto: Reprodução




A Câmara Municipal de Cotia aprovou na sessão desta terça-feira (9) um projeto de lei que coloca estabelecimentos com finalidade para prática de exercícios físicos, como academias de luta e dança, como serviços essenciais durante a fase vermelha da quarentena.

O projeto, de autoria dos vereadores Felipe Variedade (Pros) e Edson Silva (Repub), depende agora de sanção ou veto do prefeito Rogério Franco.

Segundo a proposta, esses serviços auxiliam na recuperação, fortalecimento e desenvolvimento, tanto muscular quanto psicológico, além de fortalecer a imunidade, ‘fato cientificamente comprovado’.

Caso seja sancionado, o funcionamento dessas atividades só poderão ocorrer seguindo todos os protocolos de segurança sanitária, como o uso de máscaras e obedecer a capacidade máxima de 30% de ocupação do espaço.

“Os estabelecimentos deverão orientar seus frequentadores sobre a necessidade de a cada término do uso de aparelho fazer a higienização do mesmo, para isso ficará a cargo do estabelecimento o fornecimento de papel descartável, assim como o produto para a higienização dos mesmos”, diz trecho do projeto.