Main Slider

Escola estadual em Cotia registra 3 casos de Covid-19 em professoras, afirma direção


Em mensagens enviadas a um grupo de professores na internet, direção da E.E Odair Pacheco Pedroso confirmou 3 infecções e outros dois casos suspeitos na última semana

Segundo a Apeoesp, já são 14 casos confirmados em escolas estaduais de Cotia 



Ao menos três professoras da Escola Estadual Odair Pacheco Pedroso, localizada no Atalaia, em Cotia, testaram positivo para Covid-19.

A informação foi confirmada pela direção da unidade em mensagens de texto enviadas a um grupo de WhatsApp dos professores, ao qual o Cotia e Cia teve acesso nesta quarta-feira (24).

Ainda segundo a direção, outros dois professores estão afastados com suspeita de covid. As mensagens foram enviadas no dia 18 de fevereiro, às 14h05, e nesta terça-feira (23), às 13h44. 

A reportagem ligou na unidade, mas ninguém atendeu.

Segundo uma fonte da escola ouvida pelo Cotia e Cia, a diretoria de ensino, mesmo ciente dos casos, orientou a seguir normalmente com as aulas presenciais e, quem estivesse com suspeita, deveria ficar em casa e fazer exame.

Em nota, a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) disse que a escola será higienizada, talvez, nesta sexta-feira (26). No entanto, a pasta confirmou apenas um caso. 

“A Seduc orienta que servidores e estudantes sejam afastados ao comunicarem os sintomas e aguardem os resultados em casa, respeitando a quarentena. A vigilância foi acionada e orientou que a unidade, por prevenção, passasse por higienização. O procedimento deve ocorrer nessa sexta-feira (26/02)”, disse em nota.

A secretaria reforçou que a interrupção temporária das atividades escolares presenciais é determinada pelas autoridades sanitárias, como parte dos protocolos a serem seguidos.

A pasta ressaltou ainda que os casos confirmados de servidores e alunos são acompanhados por meio do SIMED (Sistema de Informação e Monitoramento da Educação para COVID-19) da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, que tem os dados atualizados diariamente.

Segundo a Apeoesp, sindicato dos professores do estado, com esses casos da escola Odair, que já havia registrado um, sobe para 14 o número de profissionais da educação da rede estadual de Cotia e Vargem Grande Paulista que já se contaminaram com o novo coronavírus, desde o início das aulas presenciais, em 8 de fevereiro.


Por Neto Rossi

(ESSA REPORTAGEM FOI ATUALIZADA ÀS 13H00 DO DIA 25/02/2021 COM A NOTA DA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO)