Main Slider

Morador de Cotia com coronavírus: "Estou zerado, me sinto curado"

Casal de Cotia com coronavírus compartilham suas experiências de isolamento no instagram.

Reprodução: Instagram

As duas primeiras pessoas de Cotia com o novo coronavírus são um casal moradores da Granja Viana, eles compartilham suas experiências no instagram. Peu Kuyumjian é publicitário e tem 42 anos, já a esposa é a Juliana Prata Kuyumjian com 36.

Nesta segunda-feira (23), dez dias após o primeiro atendimento Peu Kuyumjian disse que "Estou zerado, me sinto curado", logo após explica que até ontem ele ainda sentia sintomas "Estava com nariz congestionado até ontem de manhã, parece que não estou mais, minha respiração retomou, não sinto mais pontada no pulmão quando respiro."

Vale ressaltar que as informações passadas pelo Peu em seu instagram é uma experiência pessoal " não posso afirmar nada clínico pois não sou médico" disse.




Peu foi o 1º a descobrir que estava com o vírus, logo em seguida a esposa também foi diagnosticada com o Covid-19. O casal tem dois filhos que não fizeram o teste, apesar disso tiveram alguns sintomas leves como dor de garganta.

Entrevistamos Peu Kuyumjian para saber um pouco mais, veja abaixo:

-Você tem ideia de onde pode ter pego o vírus?

Peu: Nem ideia. Nenhum caso no meu trabalho e nem no trabalho da minha esposa. Pode ter vindo de qualquer contato que tive.

Como seus filhos estão? Eles continuam com vocês nesse período?

Peu: Estão aqui desde o começo. Eles estão ótimos, sem sintomas. Tiveram dor de garganta na semana que ficamos doentes, e febre, mas não chegamos a testar eles.

- Como vocês estão fazendo com as questões básicas, como compra de alimentos?

Peu: Alguma vizinhos bons ajudam, além de meu cunhado e primos

Desses 10 dias, no seu caso, qual foi o pior?
Peu: Os 3 primeiros, com certeza. Tive febre e dor no corpo, depois ficou só a falta de ar.


Por fim, ele deixou um recado aos leitores do Cotia e Cia, que ainda acham que o vírus está distante
A mensagem é clara: se você não ficar em casa, vai acabar pegando o vírus, que se espalha muito facilmente. Ou pior, vai passar para algum idoso, seu pai, sua mãe, seus avós. E eles não vão resistir. Nenhum esforço dos profissionais de saúde adiantará se você não ficar em casa.


Vale ressaltar que tanto Peu, quanto sua esposa continuam em isolamento na Granja Viana. 

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Não é possível agendar a vacina pelo telefone informado. A vacina é um direito do cidadão. Agora a prioridade é o idoso, como divulgam um telefone o qual só dá ocupado e quando chama ninguém atende. Total falta de respeito com os idosos em questão. Fora a ansiedade gerada! Solucionem por favor.

    ResponderExcluir