Main Slider

Polícia prende ciganos durante operação em Cotia, Santana de Parnaíba e SP

Cinco pessoas foram presas por associação criminosa, extorsão, estelionato e lavagem de dinheiro

Foto: Polícia Civil 


A Polícia Civil prendeu, na manhã desta terça-feira (24), quatro ciganos e um simpatizante que são investigados por estelionato, extorsão e lavagem de dinheiro. Durante a ação, que aconteceu em diferentes pontos da capital paulista e nas cidades de Santana de Parnaíba e Cotia, foram apreendidos veículos de luxo, joias e dinheiro.

Os trabalhos foram realizados por agentes da 6ª Delegacia da Divisão de Investigações Sobre Crimes Contra o Patrimônio (Disccpat), que identificou uma família que age no ramo da adivinhação. O grupo obtinha dinheiro por meio do golpe das previsões metafísicas e tinha atitudes menos espirituais quando a vítima não aceita o destino das cartas.

Após um trabalho minucioso de apuração, os policiais apuraram que a cobrança dos honorários era feita de forma violenta e ainda descobriram que o branqueamento do dinheiro era realizado por um empresário, que operacionalizava a lavagem de dinheiro legitimando os valores obtidos de maneira ilícita.

Foram então requisitados mandados de busca e as ordens judiciais foram cumpridas nos imóveis investigados, situados nos bairros Itaim Bibi, Santo Amaro e Vila Andrade, na zona sul da capital; em Pinheiros, na zona oeste; e nas cidades de Santana de Parnaíba e Cotia, na região metropolitana de São Paulo.

Durante as atividades, as equipes apreenderam duas BMW de modelos diferentes, um SUV Land Rover Discovery, um SUV Chevrolet e dois Audi. Além dos veículos de alto valor, também foram recolhidos relógios de luxo, correntes grossas de ouro e diversos documentos que confirmam a relação entre os envolvidos.

Os materiais foram encaminhados para análise pericial e auxiliará nas próximas etapas da investigação. Os cinco suspeitos foram autuados por associação criminosa, extorsão, estelionato e lavagem de dinheiro.