Main Slider

SP: Aulas presenciais em universidades e escolas técnicas serão retomadas no 2º semestre

Anúncio foi feito pelo governador João Doria (PSDB) nesta quarta (7)

                     Foto: Ivan Aleksic / Unsplash


O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (7) a retomada das aulas presenciais nas universidades do estado e nas escolas de ensino técnico a partir do dia 2 de agosto. O decreto foi publicado no Diário Oficial de hoje.

Segundo o governador João Doria (PSDB), as instituições de ensino superior, como as universidades e as faculdades técnicas, poderão receber presencialmente até 60% do total de alunos. Já as de ensino técnico de nível médio seguem as mesmas regras da educação básica, ou seja, não têm limite de ocupação.

De acordo com o decreto, na educação básica, onde o distanciamento era de 1,5 metro, passa a ser de apenas um metro. As escolas ficam autorizadas a receber estudantes presencialmente para planejar atividades conforme a sua capacidade física.

Já as unidades de ensino superior devem seguir as mesmas regras de ocupação que o setor de serviços, conforme o Decreto nº 65.635, de 16 de abril de 2021, exceto para os cursos de medicina, farmácia, enfermagem, fisioterapia, odontologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, nutrição, psicologia, obstetrícia, gerontologia, biomedicina, saúde coletiva, saúde pública e medicina veterinária.

A partir deste decreto, as atividades práticas curriculares, como aulas práticas, laboratoriais e estágios dos cursos superiores de todas as carreiras estão liberadas para acontecer, sem restrição de ocupação.