Main Slider

Taxa de ocupação de leitos Covid-19 na rede municipal de Cotia é de 64,7%

Além dos 43 leitos nas unidades do município, a cidade ainda mantém convênio com 28 leitos do hospital privado São Camilo, na Granja Viana




A taxa de ocupação de leitos destinados para pacientes infectados com a Covid-19, na rede pública de Cotia, é de 64,7%, segundo apurou reportagem do Cotia e Cia junto à Secretaria Municipal de Saúde.

Dos 43 leitos disponíveis na rede pública do município, nove são de emergência, 21 para casos moderados e 13 para casos mais leves.

Além das unidades da rede do município, a cidade ainda mantém convênio com 28 leitos do hospital privado São Camilo, na Granja Viana, sendo oito de terapia intensiva e 20 de enfermaria.

A gestão municipal não deu mais detalhes sobre a ocupação em cada unidade.

Já o Hospital Regional de Cotia (HRC), que é administrado pelo Estado de São Paulo, tem 80% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados para pacientes infectados com a Covid-19, ocupados.

Já os leitos de enfermaria, também para pacientes com covid, estão com 78% de lotação, segundo informou a Secretaria de Estado da Saúde ao Cotia e Cia. Segundo a pasta, a unidade dispõe de 30 leitos de UTI Covid-19 e 36 de enfermaria.

A secretaria destacou, no entanto, que essas taxas de ocupação podem variar em virtude de fatores como altas, óbitos ou transferências.

Confira abaixo a estrutura do município

Nos três Prontos Atendimentos:

9 leitos vermelhos

21 leitos amarelos

13 leitos verdes



Hospital São Camilo

8 leitos com suporte ventilatório

20 leitos de enfermaria

Total de leitos: 71



Hospital Regional de Cotia

30 leitos de UTI Covid

36 leitos de enfermaria Covid

Total – 66 leitos