Main Slider

Polícia liberta três vítimas que eram mantidas em cativeiro na cidade de Osasco

Dois homens foram detidos na ação que ocorreu no domingo (6)




Policiais civis da Delegacia Especializada Antissequestro, do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), libertaram três vítimas que eram mantidas em um cativeiro na cidade de Osasco. Na ação, ocorrida no domingo (6), dois homens foram detidos.

Os trabalhos tiveram início com o desaparecimento de um caminhoneiro, de 24 anos. A vítima tinha sido vista pela última vez no dia 3 deste mês, em Osasco, e seu desaparecimento comunicado ao 10º Distrito do referido município no dia 5.

As equipes da especializada iniciaram as investigações quando a família recebeu um vídeo da vítima sequestrada e a exigência de R$ 450 mil para o seu resgate.

Os agentes realizaram trabalhos em campo e de inteligência, conseguindo identificar dois suspeitos. Na casa de um deles, na rua Antônio Gonçalves Valim, na Vila Jaguari, na capital paulista, o investigado não foi localizado, mas foi constatado que o local tinha sido utilizado como cativeiro para manter o caminhoneiro.

Com isso, os policiais seguiram para outro endereço e conseguiram apreender um adolescente envolvido. Sua detenção ocorreu na rua Nicolas Bravo, em Pirituba, na zona oeste de São Paulo.

Encontro das vítimas

Questionado, o jovem indicou aos agentes onde a vítima sequestrada poderia ser encontrada e imediatamente as equipes foram até o endereço – um barraco de madeira na rua Antônio Agú, no centro de Osasco.

No local, o caminhoneiro e outras duas mulheres, que também eram mantidas em cativeiro desde o dia 31 de maio, foram libertadas. Um homem, que vigiava as vítimas, foi preso.

A dupla criminosa responderá por extorsão mediante sequestro e as investigações prosseguem para identificar e prender outros envolvidos.