Main Slider

Mais de 3 mil vacinas extras serão enviadas a Cotia para aplicar a 2ª dose em idosos, afirma Estado

Secretaria de Saúde de SP ainda reforçou que enviou para o município a quantidade idêntica para aplicação da primeira e da segunda dose, mas muitos idosos ainda não conseguiram completar o esquema vacinal; intervalo entre as aplicações já é de 36 dias




A Secretaria de Estado da Saúde informou ao Cotia e Cia nesta quarta-feira (19) que enviará, ainda nesta semana, 3.165 doses extras da Coronavac para aplicar a segunda dose em idosos que não conseguiram ainda completar o esquema vacinal (confira a nota na íntegra no final da reportagem).

A Secretaria de Saúde de Cotia disse que confirmará o envio assim que as doses chegarem no município, e que vai conferir a quantidade.   

Esse número de vacinas, segundo a gestão estadual, foi informada pela própria Prefeitura de Cotia em consulta realizada pelo Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde), na última semana. 

A prefeitura, por sua vez, aplicou a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em idosos com mais de 64 anos nesta terça-feira (18), mas nem todos foram imunizados (leia aqui)

Segundo a gestão Franco, o problema ocorreu porque o estado não havia enviado a quantidade da segunda dose suficiente. Mas a Secretaria de São Paulo nega.

De acordo com o governo paulista, todas as grades de vacinas são enviadas em tempo oportuno, em quantidade idêntica para aplicação de primeira e segunda dose.

“Os imunizantes são direcionados para cada etapa da campanha, com as devidas orientações, e cabe às prefeituras aplicar nos públicos, bem como administrar a segunda dose em tempo oportuno”, esclareceu.

Cotia e Cia procurou a Secretaria Municipal de Saúde para esclarecer as informações fornecidas pelo estado. A reportagem questionou o motivo de terem faltado doses, uma vez que a gestão Doria afirmou que as grades da Coronavac enviadas ao município foram suficientes e iguais, tanto da primeira quanto da segunda aplicação.

A reportagem indagou também quantos idosos receberam a segunda dose da vacina nesta terça e quantos ainda faltam completar o ciclo vacinal.

Vale lembrar que o intervalo entre as doses – mais de 30 dias - já é superior ao sugerido pelas autoridades de saúde.

Até o fechamento desta reportagem, não houve retorno.

NOTA DA SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE 

O Plano Estadual de Imunização (PEI) contra COVID-19 foi elaborado e é realizado de forma a garantir doses para completar o esquema vacinal dos públicos-alvo. Todas as grades de vacinas são enviadas em tempo oportuno, em quantidade idêntica para aplicação de primeira e segunda dose. Os imunizantes são direcionados para cada etapa da campanha, com as devidas orientações e cabe às Prefeituras aplicar nos públicos, bem como administrar a segunda dose em tempo oportuno.

Ainda assim, a pasta está encaminhando nesta semana 3.165 doses extras de Vacina do Butantan para a cidade de Cotia. Os imunizantes são exclusivos para a aplicação de segunda dose. Este número foi informado à pasta estadual pela própria prefeitura, em consulta realizada pelo Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde) na última semana.

Reportagem: Neto Rossi