Main Slider

Mãe faz campanha na internet para conseguir pagar tratamento para filha de 1 ano e 6 meses


Allana precisa passar por um exame que custa R$ 25 mil e um tratamento de R$ 15 mil. A bebê, que mora com a família em Cotia, nasceu de 26 semanas de gestação e ficou por 7 meses numa UTI

Foto: Reprodução / Arquivo pessoal 



A pequena Allana Miloch Fonseca, de 1 ano e 6 meses, precisa realizar um exame e um tratamento médico que vão custar em torno de R$ 40 mil. Sem condições de bancar os procedimentos, Dienifer Fonseca Miloch, mãe da bebê, decidiu arrecadar o dinheiro por meio de uma campanha coletiva na internet. Para contribuir, basta clicar aqui.

Allana, que é gêmea, nasceu com apenas 26 semanas de gestação, pesando 530 gramas. Foi considerada pelos médicos como uma bebê “inviável para viver”. Ficou por sete meses na UTI Neo Natal, onde passou por diversos procedimentos e diagnósticos.

Mas, aos cinco meses de vida, a bebê, que mora com a família em Cotia, teve que passar por uma traqueostomia, pois ficou por muito tempo entubada. Segundo a mãe, tudo correu bem, mas ela agora tem que tirar o aparelho. Para isso, Allana deverá passar por um exame de broncoscopia, que custa em torno de R$ 15 mil, incluindo equipe médica, centro cirúrgico, anestesia e equipe de enfermagem.

Fora o exame, a menina também precisa de sessões de dilatação na traqueia para corrigir um estreitamento de 60 %. Esse procedimento custa, em média, R$ 5 mil por sessão. Como serão necessárias cinco sessões, o valor total do procedimento será de R$ 25 mil.

“Peço a todos os amigos e familiares que nos ajudem com a vaquinha, seja contribuindo ou compartilhando, a ajuda de vocês é primordial para que consigamos realizar esse exame na nossa pequena guerreira”, diz a mãe em trecho do texto da campanha.