Main Slider

Macaco bugio é flagrado dentro de condomínio na região central de Cotia

Animal também foi visto por moradores na mata ao redor do Mc Donald's do centro da cidade; bióloga acredita que desmatamento tenha contribuído para o aparecimento do macaco na região.

Macaco estava dentro do condomínio Jd. Europa. Foto enviada por moradores


Um macaco da espécie bugio foi visto no condomínio Jd. Europa, na região central de Cotia, na semana passada. Os moradores se assustaram com o animal andando de um lado para o outro dentro do residencial até desaparecer pela mata. 

Neste domingo (31), munícipes também disseram ter visto o animal próximo ao Mc Donald's do centro de Cotia. Muitas pessoas tiraram foto da cena inusitada. 

O macaco também foi flagrado na mesma região por uma moradora do bairro Jd. Central. Ele estava na mata que fica no fundo de sua residência.

A cena chamou bastante a atenção de Andreia, que nunca tinha visto nada parecido. "Assim, de perto, só vi no zoológico. Os macacos que eu costumo ver aqui são os saguis, que são pequenininhos. Deste tamanho, foi a primeira vez", disse.

Cena rara foi vista dentro do condomínio Jd Europa


A bióloga Aline Gabriella Trotta Provasi explica que não é normal um macaco desta espécie aparecer em uma área habitada por seres humanos, ainda mais estando sozinho, já que os bugios andam em bandos. 

Ela também detalha que, ao se comunicarem, esses animais dependem do som que emitem e, para isso, não se habituam em locais com muitos barulhos. 

Segundo a bióloga, o aparecimento deste macaco na região pode estar ligado a possibilidade do desmatamento desenfreado por causa das construções de moradias.   

"Os bugios, em geral, tendem a ficar em locais em que têm árvores mais novas para eles conseguirem comer mais frutos, folhas e brotinhos também. Então, se eles ficam ali e alguém vai e desmata, obviamente, ele vai procurar outro local. Os bugios têm preferência de alimentação, mas eles se alimentam da maioria das árvores. Eles não são tão específicos assim, o que também ajuda a terem uma sobrevivência próxima de áreas habitadas por seres humanos", explica. 

"Mas o fato de ele estar sozinho chama bastante a atenção, porque eles são animais sociais. Eles sempre estão em grupos de 5 a 10 macacos e, por isso, é bem estranho ele estar sozinho. Ou ele estava procurando uma árvore nova para o grupo ou alguma coisa aconteceu com o grupo dele", completa. 

Animal foi visto por moradores em região de mata no centro de Cotia.
Foto enviada pela moradora Andreia


Graduada em Biologia, Karina Ketlyn de Oliveira relembra que os macacos bugios são protegidos por lei e, se alguém tentar capturá-lo, pode responder por crime ambiental. 

Outra dica que ela dá é caso alguém encontre um bugio dentro de casa ou do condomínio. "O melhor é ficar dentro de casa e esperar ele sair. Normalmente, eles têm medo do ser humano, mas caso se sintam ameaçados, pode ser que tentem atacar."

A bióloga Aline também aconselha a não bater no animal e nem alimentá-lo. "O ideal é ligar para o centro de zoonoses da cidade e avisar que tem um animal silvestre solto."

Em nota, a Guarda Ambiental de Cotia disse que não recebeu nenhum contato referente à presença deste bugio na região do Jd. Central. Destacou também que estes animais vivem em áreas de vegetação e a mata é o habitat natural deles.

"Não é recomendado manipular nenhum animal silvestre e, caso encontre algum exemplar vivo é preciso avisar a Guarda ou a Polícia Ambiental e, caso esteja morto, o setor de zoonoses. Reforçamos mais uma vez, vivo ou morto os animais silvestres não devem ser manipulados", reforça. 

Contatos:
Guarda Ambiental: 0800 8781100

Reportagem de Neto Rossi