Main Slider

Cotia e todo o estado voltam para a fase vermelha aos finais de semana e após às 20h em dias úteis


Gestão Doria também colocou a Grande São Paulo na fase laranja, que veta o funcionamento de bares. Medidas passam a vigorar a partir da próxima segunda-feira (25) 




Todo o estado de São Paulo voltará para a fase vermelha da quarentena aos finais de semanas, feriados e das 20h às 6h nos dias úteis. O anúncio foi feito pela gestão Doria em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (22).

Na fase vermelha, a mais restritiva do Plano SP, apenas serviços essenciais como padarias, mercados e farmácias, podem operar. Bares, restaurantes e comércio não poderão funcionar.

Outra mudança é que os municípios da Grande São Paulo vão retroceder para a fase laranja, que veta o funcionamento de bares (veja abaixo os detalhes da fase laranja).

A decisão do governo se deu após mais uma semana de piora nos indicadores da Covid-19 em São Paulo. 

O que funciona na Fase Laranja

(fase sofreu alterações no dia 5 de janeiro e passou a ser mais permissiva)

- Todos os setores de comércio e serviços passam a ser permitidos. A exceção é o atendimento presencial em bares, que continua proibido.
- Capacidade de ocupação: antes era de 20% e vai para 40% em todos os setores.
- Funcionamento máximo: ampliado de 4 para 8 horas por dia.
- Horário de fechamento: atendimento presencial só poderá ser feito até 20h.
- Parques estaduais, salões de beleza e academias: poderão abrir.

Serviços essenciais que podem funcionar na Fase Vermelha

- Farmácias
- Mercados
- Padarias
- Açougues
- Postos de combustíveis
- Lavanderias
- Meios de transporte coletivo, como ônibus, trens e metrô
- Transportadoras, oficinas de veículos
- Atividades religiosas
- Hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria.
- Bancos
- Pet shops