Main Slider

Internações por Covid-19 em Cotia voltam a subir depois de 6 meses

Do início de novembro até hoje (29), aumento foi de 240%, segundo levantamento feito pelo Cotia e Cia com os dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde 

Hospital Regional de Cotia é a única unidade pública na cidade com leitos para covid


Após passar seis meses consecutivos registrando queda no número de internações, a quantidade de leitos ocupados por pacientes com sintomas da Covid-19 voltou a subir em Cotia. De maio a outubro, as internações diminuíram, em média, 35% por mês, mas essa realidade começou a mudar de novembro para cá. 

Segundo levantamento feito pelo Cotia e Cia, com base nos dados dos boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde, do início de novembro até a esta terça-feira (29/12), o aumento de internações foi de 240%. 

No dia 1º de novembro, dez cotianos estavam internados com sintomas do novo coronavírus. Esse número veio aumentando e no final do mês já eram 17 internações. Hoje, já são 34. 

Apenas no mês de novembro, esse número aumentou em 70%, saltando de 10 para 17 pessoas que ocupavam leitos do Hospital Regional de Cotia – única unidade pública na cidade, já que o hospital de campanha foi desativado em outubro. O aumento das internações em dezembro, até agora, foi de 62%.

 Por duas vezes, o Cotia e Cia solicitou à prefeitura informações sobre algum plano de ação, caso as internações continuassem subindo. Essa demanda foi encaminhada para duas reportagens sobre o Hospital Regional de Cotia, que estava com todos os leitos de Covid-19 ocupados. Porém, não houve retorno em nenhuma das ocasiões. Nesta terça-feira (29), a reportagem enviou novamente a solicitação e aguarda resposta. 

Novo boletim 

O boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (29) pela Prefeitura de Cotia aponta que, além das 34 pessoas internadas com sintomas da doença, há mais 162 que aguardam o resultado do exame em isolamento domiciliar. 

Desde o início da pandemia, 238 cotianos já morreram por complicações da Covid-19. 

Ainda segundo o boletim, o número de casos confirmados subiu para 6.194 – 15 a mais que ontem. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 5.846 pacientes já se recuperaram da doença. 


Por Neto Rossi