Main Slider

Mesmo sem nenhum caso confirmado, Ibiúna terá hospital de campanha

Em recente declaração, o ministro da saúde disse que nem toda cidade terá capacidade de ter um hospital de campanha.


A Prefeitura de Ibiúna começou, na manhã da última segunda-feira (06), a montagem do Hospital de Campanha - Covid-19, que entrará em funcionamento na próxima semana e atenderá possíveis casos confirmados ou suspeitos de estarem com o novo Coronavirus e pacientes que precisem de suporte de média complexidade.

O local contará com 30 leitos, que são de investimentos da Prefeitura, sendo 10 de semi intensiva para pacientes em estado grave (entubados) e 20 para aqueles com sintomas agravados do vírus.

O Hospital, que está localizado na Área de Lazer, ao lado da Marginal, funcionará 24 horas por dia e contará com equipe multidisciplinar. A ideia de montar um novo ponto de atendimento é para que os pacientes confirmados ou suspeitos de estarem com Covid-19, não tenham contato com a população não contaminada. Outra preocupação da atual gestão é de não haver leitos disponíveis para atender a demanda dos 48 municípios que fazem parte da Diretoria Regional de Sorocaba. 

Apesar disso a cidade de Ibiúna não tem nenhum caso da doença, entretanto tem 2 pessoas internadas com suspeita da doença e outros 24 pessoas aguardam resultado em isolamento domiciliar.

Recentemente o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta disse que não é aceitável que todos os municípios tenham hospitais de campanha pois é necessário mão de obra qualificada que um CTI funcione de forma correta "Não pensem que todo o Brasil vai colocar em todas as cidades brasileiras um enorme CTI, pois não existem pessoas para operar esse CTI. Sou médico, mas não tenho como tocar um CTI é preciso um médico especializado, não adianta curioso ali. O gerenciamento de recursos humanos é o que mais os gestores devem quebrar suas cabeças neste momento".

Como agir em caso de suspeita - De acordo com as recomendações do Ministério da Saúde, caso apresente sintomas mais graves de Coronavirus, como: febre alta, tosse seca e dificuldades para respirar, durante dias, é o momento de procurar atendimento. Em Ibiúna, o suspeito deve se dirigir até o Posto de Saúde Central, onde será avaliado e, se necessário, encaminhado ao Hospital de Campanha. 

Postar um comentário

0 Comentários