VÍDEO: Briga entre mulheres termina com vítima incendiada em bar no Jd. Sandra

Ocorrência chegou a ser registrada como tentativa de suicídio, mas imagens obtidas pelo Cotia e Cia mostram outra versão.

Imagens obtidas pelo Cotia e Cia

Na manhã da última sexta-feira (13), o helicóptero Águia da PM socorreu uma mulher em um bar, localizado no Jardim Sandra, em Cotia, com queimaduras graves pelo corpo. A vítima foi identificada como Juniele Rocha Monteiro, de 37 anos. 

A informação passada inicialmente à polícia dizia que Juniele estava brigando com outra mulher no bar e que, em determinado momento, ela teria pego um galão com álcool e ateado fogo nela mesma, ao acender um cigarro. 

A mulher com quem Juniele brigava deu depoimento à polícia. Ela se chama Bruna Regina dos Santos, de 28 anos. Bruna também ficou com algumas queimaduras no corpo, mas negou atendimento médico. 

O caso, a princípio, foi registrado como tentativa de suicídio na Delegacia de Cotia. Porém, imagens obtidas pelo Cotia e Cia neste domingo (15) mostram o contrário: na verdade, Juniele foi vítima de tentativa de homicídio. 

O VÍDEO

Pelas imagens, é possível ver que, de fato, Juniele e Bruna discutiam no bar. Em determinado momento, Juniele pega um galão com álcool e joga o líquido por cima de seu corpo. 

Juniele parece transtornada e não percebe que Bruna se aproxima dela com um isqueiro nas mãos. As imagens são claras e mostram Bruna tentando acender o isqueiro contra o corpo de Juniele por algumas vezes. 

Depois, o vídeo mostra Bruna passando o isqueiro para uma terceira mulher, que estava atrás do balcão. Essa mulher pega o isqueiro, direciona para o chão e acende. O fogo sobe e atinge o corpo de Juniele, que fica em chamas. Até a publicação desta reportagem ela seguia internada no Hospital das Clínicas em estado gravíssimo. 

Moradores do bairro disseram ao Cotia e Cia que a mulher que acende o isqueiro por último é uma funcionária do bar. Eles também relataram que, após o crime, o bar seguiu funcionando normalmente, até com música ao vivo. 

O Cotia e Cia não conseguiu contato com o bar onde o crime ocorreu e nem com as duas mulheres suspeitas.

Veja o vídeo abaixo:  (Para assistir é necessário ter mais de 18 anos e fazer o login no Youtube por causa do teor do vídeo. A restrição foi feita pela própria rede social)

Postagem Anterior Próxima Postagem