Main Slider

Sem radares, acidentes graves na Estrada da Roselândia acontecem com mais frequência

DER informou ao Cotia e Cia que aparelhos foram removidos devido ao término do contrato com a empresa responsável, mas que, em breve, novos radares serão instalados na estrada

Foto: Reprodução / Redes sociais 



Acidentes graves, inclusive com óbitos, estão acontecendo com cada vez mais frequência na rodovia Cel. PM Nelson Tranchesi, também chamada de Estrada da Roselândia, que liga os municípios de Cotia e Itapevi.

De acordo com motoristas que passam diariamente pelo local, esses acidentes, a maioria envolvendo motociclistas, aumentaram consideravelmente após a retirada dos radares de velocidade da via.

Em nota ao Cotia e Cia, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que os radares que estavam instalados na Estrada da Roselândia foram desligados e removidos em razão do término do contrato com a empresa responsável pelo trecho.

O DER ainda informou que o processo licitatório para novos aparelhos segue os trâmites previstos na legislação, e será concluído em breve.

O departamento também disse que a fiscalização da velocidade “continua sendo realizada pela Polícia Militar Rodoviária por meio dos radares portáteis, operados por agentes”.