Main Slider

Animais vítimas de maus-tratos são resgatados em Itapevi

Infrator foi autuado pela PM em quatro multas ambientais, que chegam ao valor de R$ 83 mil e responderá ao crime ambiental em liberdade

Foto: Prefeitura de Itapevi 


Um trabalho conjunto dos agentes da Secretaria do Meio Ambiente e Defesa dos Animais e da Polícia Militar Ambiental de Barueri resultou no resgate e salvamento de 16 aves silvestres, um cavalo e um cão de raça rotweiller, vítimas de maus-tratos em uma chácara localizada na Estrada Miguel Novaes, no bairro Quatro Encruzilhadas, em Itapevi. A ação aconteceu na terça-feira (27).

O infrator local foi autuado pela PM em quatro multas ambientais, que chegam ao valor de R$ 83 mil e responderá ao crime ambiental em liberdade.

A fiscalização chegou ao local para averiguar denúncia anônima e constatou as irregularidades e a manutenção de um cativeiro de aves. Quando localizaram os animais, verificaram que eles estavam sem comida, sem água e em um local sujo e insalubre. Um cavalo tinha uma ferida aberta na pata traseira esquerda e o cão estava com um machucado aberto.

Os animais foram recolhidos, as aves encaminhadas ao serviço especializado para animais em situação de resgate da PM em Barueri e o cão e o cavalo levados ao Canil conveniado parceiro da Prefeitura, onde passam bem e receberam atendimento veterinário.

O responsável pelo local foi conduzido à Delegacia de Investigação do Meio Ambiente de Carapicuíba para prestar mais esclarecimentos. Ele foi indiciado no artigo 29 por crime ambiental, por matar espécimes da fauna silvestre sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida. Neste caso, a pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa. O homem responderá pelo crime em liberdade.