Main Slider

Família procura por Maurício, morador de Cotia que desapareceu durante viagem à Bahia

Maurício Ferreira Mota, 46, está desaparecido desde o dia 16 de março; em depoimento à polícia, um irmão de Maurício disse que ele mandou mensagem avisando que tinha sido sequestrado durante a viagem




O autônomo Maurício Ferreira Mota, de 46 anos, está desaparecido desde o dia 16 de março de 2021, quando fazia uma viagem até Feira de Santana, no estado da Bahia, para visitar familiares.

Morador do Tijuco Preto, em Cotia, Maurício pegou um ônibus na rodoviária do Tietê, em São Paulo. Em contato com seu irmão pelo WhatsApp, o autônomo avisou que estava a caminho de seu destino, mas que o ônibus iria fazer uma baldeação em Brasília.

Quando chegou em Brasília, Maurício disse ao seu irmão que estava preocupado, pois 'uns homens estavam lhe perseguindo'.

Momentos depois, de acordo com informações no boletim de ocorrência, ele avisou que tinha sido sequestrado e que estava sendo levado para a cidade de Barreiras, no interior da Bahia.

Após este momento, Maurício não respondeu mais mensagens e nem atendeu as ligações que foram feitas em seu celular.

O caso tinha sido registrado no 9º Distrito Policial do Carandirú, na Zona Norte de São Paulo. Mas em nota ao Cotia e Cia, a Secretaria de Segurança Pública do Estado informou que o caso foi encaminhado para o Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) de Carapicuíba, que acompanha as investigações em andamento pela polícia do Distrito Federal, por ter sido naquela localidade a última informação sobre Maurício.