Main Slider

Após um ano de pandemia, vereadores de Cotia criam comissão de combate à fome

 

Iniciativa visa combater a insegurança alimentar entre as famílias carentes do município, situação agravada durante a pandemia de Covid-19




A Câmara Municipal de Cotia aprovou na sessão desta semana a criação de uma comissão de frente parlamentar de combate à fome. De autoria do vereador Iran Soares (PSC), a iniciativa visa combater a insegurança alimentar entre as famílias carentes do município, situação agravada durante a pandemia de Covid-19.

"Neste momento de flagelo, muitos pais têm ido dormir sem comer para deixar para seus filhos. Se nós podemos fazer, é tempo de unirmos nossas forças, legislativo, executivo e setor privado. Vamos dar as mãos e combater juntos esta luta na qual todos estamos perdendo", disse Soares.

Em Cotia, diversas famílias tinham suas dificuldades amenizadas com as cestas de alimento entregues pela prefeitura aos alunos matriculados na rede municipal de ensino. Mas neste mês de abril, por problemas administrativos, as unidades, chamadas de kit merenda, não foram entregues.

De acordo com o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da covid-19 no Brasil, desenvolvido pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar (Rede Penssan), mais da metade da população brasileira não tem acesso pleno e permanente a alimentos durante a pandemia do novo coronavírus.

Em números absolutos, segundo o estudo, no período abrangido pela pesquisa, 116,8 milhões de brasileiros não tinham acesso pleno e permanente a alimentos.

O Penssan também aponta que a crise econômica agravada pela pandemia está fazendo com que a insegurança alimentar se alastre, inclusive, entre os que não se encontram em condição de pobreza.