Main Slider

São Paulo terá rodízio 24h e restrição por placa par e ímpar a partir de 2ª

O descumprimento do rodízio rende multa de R$ 130,16 e a perda de 4 pontos na CNH.


A Prefeitura de São Paulo informou nesta quinta-feira (7) que voltará com rodízio a partir da próxima segunda-feira (11). Porém a nova regra fará com que 50% dos veículos possam circular em um dia e os outros 50% em outro.

Os carros com placa final ímpar (1, 3, 5, 7 e 9) poderão circular nos dias ímpares e carros com placa final par (0,2,4,6,8) poderão circular nos dias pares. Vale ressaltar que o rodizio será 24 horas, antes o rodízio municipal era apenas em horários de pico. Outra mudança é que a medida vale para todo o território paulistano e não apenas no centro expandido de São Paulo. 

Com a decisão de estender o rodízio para toda a cidade os cotianos serão impactados, já que a partir do KM 20 da rodovia Raposo Tavares já é cidade de São Paulo.

O descumprimento do rodízio rende multa de R$ 130,16 ao infrator, além da perda de quatro pontos na sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Por enquanto não se sabe quanto tempo durará a nova determinação, mas a princípio nos meses com 31 dias como por exemplo 31 de maio, todos os veículos poderão circular.

Resumo da medida:
  • Rodízio de carros passa a valer a partir desta segunda (11) para toda a cidade e não apenas no centro expandido
  • Carros com placa final par (0, 2, 4, 6 e 8) só poderão circular nos dias da semana pares
  • Carros com placa final ímpar (1, 3, 5, 7 e 9) só poderão circular nos dias da semana ímpares
  • Medida vale durante as 24h do dia e inclui sábados e domingos
  • Táxis são isentos
  • Motoristas de aplicativos terão de rodar nos seus dias de placas, ou seja, par ou ímpar. O mesmo vale para funcionários de padarias, supermercados, pet shops, lotéricas, farmácias e demais funcionários de serviços comerciais
  • A exceção será concedida apenas aos profissionais de saúde (médicos, técnicos, enfermeiros, funcionários que trabalham em hospitais) e ao setor de abastecimento (energia, gás, água)
  • Veículos de imprensa são isentos desde que sejam cadastrados
  • Circulação de motos está liberada

Profissionais da saúde terão de se cadastrar para ter a liberação para circular pela cidade. Hospitais, clínicas e profissionais de saúde informaram a prefeitura sobre quais são seus profissionais. Também será possível fazer o cadastro por e-mail, isencao.covid19@prefeitura.sp.gov.br. O prazo para os profissionais cadastrarem-se será de dez dias. Nesse período, quem for multado poderá recorrer para anular.




*Informações: UOL e G1

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Se Eu Trabalho a Noite Meu Dia e Impar Eu Gago Vc Limpa como faço para Volta No Dia Do Par Seu Pai Cagou No Bar Pelo Amor Agente ja paga Ipva ,Seguro ,Pedagio Legalização de Carro Asfalto Todo Cheio de Buraco Ajuda Nos !!!!! Obrigado Nos

    ResponderExcluir
  2. Sou deficiente físico e dependo do carro pra me locomover, também estou sujeito a multa o deficiente será isento?

    ResponderExcluir
  3. Como esse Bruno covas quer distância entre as pessoas desse jeito estação de ônibus e trem lotados por conta desse rodízio sem sentido pessoas próximas das outras ....

    ResponderExcluir