Main Slider

Moradora de Cotia relata que pulou de Uber em movimento após ouvir voz de mulher no porta-malas

Em sua versão à polícia, motorista do aplicativo contou que quem gritava de dentro do porta-malas era sua companheira, que desconfiava que estava sendo traída e resolveu se esconder no carro; caso aconteceu em Osasco, no sábado (17)

Foto: Reprodução

Uma jovem de 22 anos, moradora de Cotia, pulou de um Uber em movimento, após ouvir uma voz de mulher no porta-malas do veículo pedindo ajuda. O caso aconteceu na noite deste sábado (17), próximo ao pedágio do Rodoanel Mário Covas, no bairro Padroeira, em Osasco.

A usuária do aplicativo estava em sua residência, em Cotia, e tinha como destino o município de Osasco. Ao chegar no pedágio, segundo depoimento à polícia, o motorista, de 46 anos, teria discutido com a atendente da cabine por não ter dinheiro para pagar o valor estipulado. Neste momento, a jovem disse à polícia que ouviu gritos vindo do porta-malas e, com o carro já em movimento, acabou pulando do automóvel, assustada.

Em sua versão na delegacia, nesta terça-feira (20), o motorista do aplicativo contou que quem gritava de dentro do porta-malas era sua companheira, de 40 anos. Segundo ele, a mulher desconfiava que estava sendo traída e resolveu se esconder no carro. Ao perceber que seu companheiro estava discutindo, ela teria gritado para que o homem a retirasse do porta-malas.

O casal procurou a delegacia quando viu os fatos relacionados à ocorrência em redes sociais. O caso foi registrado com a natureza não criminal pela Delegacia de Cotia e pelo 8º Distrito Policial de Osasco.

Em nota, a Uber apenas informou que permanece à disposição para colaborar com as autoridades no curso de investigações ou processos judiciais, nos termos da lei.

(ESSA REPORTAGEM FOI ATUALIZADA ÀS 15H45 DO DIA 21/04/2021 COM A NOTA DA UBER)