Main Slider

PS do Hospital de Cotia começa a atender de portas fechadas a partir de hoje

Medida não vale para casos graves, que continuarão sendo atendidos pela unidade; todos os pacientes que precisarem de atendimentos primários deverão, a partir de agora, procurar as unidades de saúde do município.

Grupo de profissionais orienta pacientes na entrada do PS.
Foto: Neto Rossi / Cotia e Cia

O pronto-socorro do Hospital Regional de Cotia (HRC) começou nesta segunda-feira (1º) a atender de portas fechadas. Isso significa que os atendimentos primários para casos leves deverão ocorrer, a partir de agora, nas unidades de saúde do município.

Na manhã de hoje, um grupo de profissionais da saúde do hospital está em frente o PS orientando as pessoas que procuram atendimento. "A gente só está atendendo os referenciados, que são os casos graves. A gente está orientando os pacientes a procurarem as UPAs para triagem e, se precisar de um atendimento secundário, eles [na UPA] encaminham de ambulância para cá", explicou uma profissional.

"A gente está readequando para atender toda a população e os casos graves que temos recebido. Um acidente, uma fratura, vai entrar na hora", completou.   

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, em nota enviada ao Cotia e Cia, a mudança de atendimento acontece também em razão do agravamento da Covid-19, já que o hospital é referência no combate à doença e atende mais municípios da região. 

"Com o recrudescimento da doença, o pronto-socorro do Hospital Regional de Cotia passa por readequação de seu perfil assistencial e intensificará a realização da triagem por classificação de risco e orientará os pacientes também sobre a disponibilidade de outros serviços de saúde da rede primária de saúde, apropriados para casos mais leves. A medida visa priorizar o atendimento a casos graves e gravíssimos nos hospitais mais capacitados e equipados", explicou a secretaria. 

O Cotia e Cia adiantou a informação sobre o fechamento do PS no dia 21 de janeiro. Quatro dias depois, a prefeitura divulgou em seu site um comunicado dando a entender que o pronto-socorro não seria mais fechado. 

A nota foi divulgada após prefeitos do Conisud (Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo) participarem de uma reunião com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Já no dia seguinte, a informação foi corrigida com a seguinte frase: "não será fechado até segunda ordem". Ou seja, quem determinaria o fechamento ou não do PS seria o Governo do Estado.


Reportagem de Neto Rossi


CONFIRA ABAIXO O COMUNICADO DA PREFEITURA DE COTIA ATUALIZADO 

Na tarde desta sexta-feira (22/01), prefeitos do Conisud participaram de uma reunião com o Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para reivindicar a manutenção do Pronto-Socorro do Hospital Regional de Cotia com as portas abertas. A reunião aconteceu no Palácio dos Bandeirantes. Os prefeitos seguirão acompanhando o assunto de perto. Mais cedo, ainda na sexta-feira, aconteceu uma reunião com a Câmara Técnica Deliberativa, composta por secretários municipais de saúde da região, e o projeto de fechamento do Pronto-Socorro NÃO foi aprovado.

Diante disto, o Pronto-Socorro do HRC segue atendendo normalmente (até segunda ordem) demanda espontânea por urgência e emergência. O assunto seguirá sendo acompanhado pelos prefeitos e secretários municipais da região. 


RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS NO WHATS APP, CLIQUE AQUI.