Main Slider

Covid-19: Idosos com mais de 85 anos serão vacinados em fevereiro, anuncia governo de SP

Segundo o governo, idosos com mais de 90 anos serão vacinados a partir do dia 8 e, os que têm mais de 85, a partir do dia 15

Foto: Agência Brasil 



O governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (29) o início da vacinação de idosos acima de 90 anos para 8 de fevereiro e, para aqueles acima de 85 anos, para o próximo dia 15. 
Com a entrega do novo lote de 1,8 milhão de doses pelo Instituto Butantan ao Ministério da Saúde e a chegada de mais 5.400 litros de insumo vindos da China, previstos para a próxima quarta-feira (3), o Estado de São Paulo começa a expandir o público-alvo a ser imunizado no programa de vacinação.

“Todos estão na escala de prioridade do Plano Estadual de Imunização. Gradualmente, vamos anunciando de forma organizada e planejada para viabilizar essa imunização. A nossa meta é acelerar o programa de vacinação incluindo todos os grupos no calendário, mas para vacinarmos mais rapidamente, não só em São Paulo como em todo Brasil, precisamos de mais vacinas”, afirmou Doria.

Do total de 1,8 milhão de doses, o Instituto Butantan disponibilizará ao Ministério da Saúde 1,390 milhão de novas doses de vacina contra Covid-19. Com isso, o quantitativo proporcional de 410 mil doses destinado ao Estado de São Paulo já será utilizado para expansão da campanha.

Com a remessa, a ser realizada na próxima segunda-feira (1º), a Secretaria de Estado da Saúde realizará mais uma grande operação logística para a distribuição novas doses para todos os municípios, somando quantitativo previamente recebido por SP.

As novas grades permitirão que o público-alvo da fase 1 da campanha seja imunizado em sua totalidade, o que inclui trabalhadores da saúde, indígenas, quilombolas, idosos residentes em instituições de longa permanência e pessoas com deficiência a partir de 18 anos institucionalizados.

Além disso, permitirá que o Estado de São Paulo comece a vacinar os idosos acima de 85 anos de idade, que totaliza 514 mil pessoas. A prioridade leva em consideração a vulnerabilidade dessa faixa etária, uma vez que 37% das pessoas com 85 anos ou mais que tiveram Covid-19 evoluíram para óbito no decorrer da pandemia.

De todas as vacinas disponíveis no país até o momento, 80% foram fornecidas pelo Instituto Butantan. O Estado de São Paulo já distribuiu 1,2 milhão de doses. À medida que o governo federal enviar novas doses ao Estado de São Paulo, novos grupos poderão ser incluídos no calendário vacinal.