Main Slider

Sindicato protesta contra demissões no Bradesco em Cotia

Banco ja demitiu mais de 3 mil funcionários neste ano.


O sindicato dos bancários de São Paulo está realizando vários protestos contra as demissões realizadas pelo Bradesco nos últimos meses.

Nesta segunda-feira (30), sindicalistas estiveram em Cotia protestando contra as demissões, a ação ocorreu na agência do centro da cidade e no Parque Bahia.

Para o dirigente do Sindicato e bancário do Bradesco Alexandre Bertazzo as demissões geram desconforto aos clientes "Em Cotia, encontramos filas de horas, para fora das agências, resultado da redução do número de bancários atendendo a população. Essa situação é mais evidente em locais distantes do centro de São Paulo, como Cotia, nos quais existe um número menor de agências e a população busca com mais frequência o atendimento presencial”, disse.

O Bradesco encerrou os primeiros nove meses de ano com 95.934 empregados, com redução de 3.338 postos de trabalho em doze meses e 772 agências fechadas no período.