Main Slider

Sem faixas e agentes de trânsito, pedestres têm dificuldade em atravessar ruas do centro de Cotia

Na ausência de fiscalização, pedestres se viram como podem para atravessar as principais vias da cidade. Faixas ‘sumiram’ após recapeamento do asfalto 

Sem faixa, mulher atravessa rua do centro com duas crianças. Foto: Neto Rossi 


Atravessar as ruas do centro de Cotia não vem sendo uma tarefa simples. Especificamente nas avenidas Nossa Senhora de Fátima e Professor Manoel José Pedroso e nas ruas Senador Feijó e Dez de Janeiro, pedestres encontram extremas dificuldades para fazer a travessia. Isso ocorre porque as faixas de segurança foram ‘apagadas’ após a obra de recapeamento na região central. 

A reportagem do Cotia e Cia esteve na tarde desta sexta-feira (11/12) no centro da cidade e flagrou diversas pessoas atravessando as vias completamente inseguras. Alguns motoristas chegam a parar seus veículos, mas outros, passam em alta velocidade. Não havia agentes de trânsito no momento em nenhum dos pontos. 

Quem conhece a região central, faz a travessia onde as faixas se encontravam. Mas quem não conhece, atravessa em qualquer lugar e fica na dependência do motorista parar ou não. 

A reportagem flagrou mães com crianças pequenas, idosos e pessoas com deficiência com dificuldades em passar de um lado para o outro. 

Na Av. Professor Manoel José Pedroso, havia uma equipe da Prefeitura de Cotia pintando novamente a faixa de pedestre. A reportagem questionou um encarregado da equipe se as outras faixas também seriam pintadas. Mas ele disse que não, pois somente “pintariam as outras quando recebessem ordem para executar o serviço”. 
Faixa da Av. Professor Manoel José Pedroso está sendo pintada. Foto: Neto Rossi



Procurada para informar quando vão pintar as outras faixas de pedestre, a Prefeitura de Cotia não retornou até o fechamento desta reportagem. 

Por Neto Rossi