Main Slider

Secretários de Rogério Franco pedem demissão

Dr. Castor Andrade disse ao Cotia e Cia que foi pego de surpresa e lamentou o ocorrido. “A maioria não queria pedir demissão, mas se não pedisse, em janeiro não ia voltar”; Franco nega e disse que a decisão foi de cada servidor .

Todos os secretários de Cotia pediram demissão nesta quarta-feira (16/12), um dia após o afastamento de Rogério Franco do cargo a pedido da Justiça. A informação foi confirmada pelo Cotia e Cia junto ao prefeito empossado, Dr. Castor Andrade, que lamentou o ocorrido.  

Eu assumi hoje e tive essa surpresa, que todos os secretários pediram demissão. Acho lamentável porque o secretário é funcionário da prefeitura e trabalha para a população, e não para o prefeito”, disse Castor. 

Em nota, Rogério Franco disse ao Cotia e Cia que em momento algum determinou aos secretários que pedissem exoneração dos seus cargos. “A decisão de permanecer ou sair é pessoal de cada servidor.” 

Segundo Castor, a informação chegou pelos próprios secretários. Muitos, segundo ele, não queriam pedir demissão. “A maioria não queria pedir demissão, mas se não pedisse, em janeiro não ia voltar.”

Mas Franco informou que o pedido de exoneração na mudança de gestão é uma conduta habitual na administração pública, “para que o novo prefeito tenha a liberdade de montar sua própria equipe, seja renomeando ex-secretários, seja convidando novos nomes”.

Castor tomou posse da Prefeitura de Cotia nesta terça-feira (15), após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pedir o afastamento de Rogério Franco do cargo em razão do processo que cassou o seu mandato e também de seu vice, Almir Rodrigues. O julgamento, no entanto, só vale para este ano, ou seja, como foi reeleito, Franco assumirá a prefeitura em janeiro de 2021.

Matéria: Neto Rossi e Rudney Oliveira