Main Slider

Dos 645 municípios de SP, Cotia fica em 534º no ranking de gestão ambiental

De dez itens avaliados pelo Programa ‘Município VerdeAzul’, do governo de SP, Cotia tirou nota 0 em cinco deles.

Desmatamento gigantesco no Jd. do Engenho. Foto: Neto Rossi

O município de Cotia ficou em 534º lugar no Programa Município VerdeAzul (PMVA), do governo de São Paulo. O programa tem como propósito medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com a descentralização e valorização da agenda do meio ambiente dos 645 municípios do estado. 

De 0 a 100, Cotia tirou nota 6.33. As ações propostas pelo PMVA compõem dez itens da agenda ambiental local, cada um valendo de 0 a 10 pontos. 

Cotia tirou nota zero em arborização urbana, conselho ambiental, estrutura e educação ambiental, município sustentável e uso do solo. As maiores pontuações foram em biodiversidade (2.16) e resíduos solos (1.93). A qualidade do ar ficou com 0.90, gestão das águas 0.62 e esgoto tratado 0.72. 

A colocação da cidade neste ano está um pouco acima de 2019, quando ficou em 544º no ranking -uma leve evolução de 0,3%. Os dois últimos anos, no entanto, foram os piores na gestão ambiental (veja a tabela abaixo). 



Em 2020, entre as cidades da região oeste da Grande São Paulo, Cotia só foi melhor na gestão ambiental que Jandira, que ficou em 540º lugar. A melhor pontuada foi a cidade de Barueri que, com 76.45, alcançou a 108ª colocação. 

Os municípios que atingem nota superior a 80 pontos e preenchem requisitos pré-definidos para cada ciclo, recebem um certificado de reconhecimento da gestão ambiental. O certificado garante à prefeitura premiada preferência na captação de recursos do Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição (FECOP). 

Sobre o programa 

O principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do estado de São Paulo. A participação de cada um dos municípios paulistas ocorre com a indicação de um interlocutor e um suplente, por meio de ofício encaminhado a Secretaria de Estado do Meio Ambiente. 

Para a consecução do seu objetivo, o PMVA oferece capacitação técnica aos interlocutores indicados pela municipalidade e, ao final de cada ciclo anual, publica o “Ranking Ambiental dos municípios paulistas”. 

Tal Ranking resulta da avaliação técnica das informações fornecidas pelos municípios, com critérios pré-estabelecidos de medição da eficácia das ações executadas. A partir dessa avaliação o Indicador de Avaliação Ambiental – IAA é publicado para que o poder público e toda a população possam utilizá-lo como norteador na formulação e aprimoramento de políticas públicas e demais ações sustentáveis. 

Por Neto Rossi