Main Slider

SP testa pessoas com deficiência e colaboradores de Residências Inclusivas em Cotia

Das 182 pessoas testadas na cidade, 21% registrou a presença de Covid-19.


Com o intuito de ampliar o diagnóstico da COVID-19 e aprimorar o monitoramento da população em vulnerabilidade social, a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, em parceria com as Secretarias de Desenvolvimento Social e de Saúde, além do Instituto Butantan, realizou durante os meses de setembro e outubro a testagem da COVID-19 em moradores com deficiência e colaboradores das Residências Inclusivas e Abrigos Institucionais do estado.

Participaram da iniciativa as Residências Inclusivas de Avaré, Cotia, Bauru e Dois Córregos, e os Abrigos Institucionais das cidades de Cotia, Avaré e Jaci. Nesta terça-feira (27), os moradores e colaboradores das Residências Inclusivas de São João da Boa Vista também receberam a testagem, encerrando a ação.

Em Cotia foram feitas 182 teses, destes 21,4% reagentes, ou seja, com a presença do vírus. 128 (nenhum reagente, ou seja, sem a presença do vírus) em Avaré, 62 (30% reagentes) em Bauru, 60 (3% reagentes) em Dois Córregos, 53 (2% reagentes) em Jaci e 44 (nenhum reagente) em São João da Boa Vista. Em casos de testes reagentes, as pessoas são monitoradas por equipes de saúde locais.