Main Slider

Prefeitura de SP volta atrás e anuncia volta de rodízio normal na capital

A partir desta segunda-feira (18), rodízio volta a versão de antes da pandemia.



Durou apenas 7 dias o rodízio mais restritivo na cidade de São Paulo, a partir desta segunda-feira (18), o rodízio voltará a ser como era antes da pandemia, ou seja, apenas nos horários de picos e seguindo os números finais das placas.

O anuncio da mudança foi feito pelo prefeito da capital Bruno Covas (PSDB) em uma coletiva realizada neste domingo (17), para Covas a medida que restringia 50% da circulação dos veículos na capital não surtiu o efeito esperado "em comparação a semana anterior a subida do isolamento social foi de apenas 1,5%" disse o chefe do executivo.

Apesar do recuo o prefeito lembrou que "Isso [volta do rodízio como era antes] não pode ser desculpa para as pessoas irem às ruas". completou.

O mega rodízio foi implementado na última segunda-feira (11). O sistema permitia que veículos com placa de final par trafegasse nos dias pares e os veículos com placa de final impar nos dias ímpares.

Na última semana quem foi multado por trafegar nos dias que não poderia terão que pagar a multa quando for processado e enviado ao motorista.

Agora o rodízio volta ao modelo anterior, veja abaixo:

Segunda-feira 1 e 2 não podem trafegar das das 07:00 às 10:00 e das 17:00 às 20:00.
Terça-feira 3 e 4 não podem trafegar das das 07:00 às 10:00 e das 17:00 às 20:00.
Quarta-feira 5 e 6 não podem trafegar das das 07:00 às 10:00 e das 17:00 às 20:00.
Quinta-feira 7 e 8 não podem trafegar das das 07:00 às 10:00 e das 17:00 às 20:00.
Sexta-feira 9 e 0 não podem trafegar das das 07:00 às 10:00 e das 17:00 às 20:00.

A medida é válida para o centro expandido da capital.
 

Postar um comentário

0 Comentários