Main Slider

Ibiúna flexibiliza quarentena e permite abertura de parte do comércio

Estabelecimentos deverão seguir algumas regras.


A prefeitura de Ibiúna publicou um decreto na tarde desta quarta-feira (22) que flexibiliza a quarentena na cidade e permite a abertura de boa parte do comércio no município. Segundo o texto a medida é para que as atividades, principalmente no âmbito comercial e prestadores de serviços, necessitam no mínimo iniciar um trabalho, com todas precauções, para progressivamente voltar à normalidade.

Confira a lista de comércios que podem abrir em Ibiúna:
  • Bombonieres, cafés, docerias, de produtos naturais e de produtos regionais típicos; 
  • Oficinas elétricas, conserto de bicicletas, funilarias, trocas de óleos, chaveiros e tapeçarias; 
  • Lojas de compra e venda de automóveis, caminhões e mocicletas; 
  • Hotéis; 
  • Estacionamentos; 
  • Bancas de jornais e revistas; 
  • Lava-rápidos, autorizado somente pelo sistema leva e trás, sem atendimento presencial; 
  • Pet-shop, autorizado somente pelo sistema leva e trás, sem atendimento presencial; 
  • Distribuidora de bebidas e lojas de conveniências; 
  • Institutos de beleza, cabeleireiros, barbearias, esteticistas, manicure, pedicure, depiladora e maquiador; 
  • Escritórios de contabilidade, de advocacia, de engenharia, de arquitetura, de administradores e de economistas; 
  • Empresa credenciada de vistoria veicular, associações e sindicatos, corretoras.

Esses estabelecimentos poderão trabalhar apenas de segunda a sexta, limitando as 22 horas. Além disso, segundo o decreto será necessário algumas precauções como:

  • Evitar aglomerações de pessoas, adotando entre as medidas deixarem as portas entreabertas; 
  • Intensificar as ações de higiene e limpeza; 
  • Disponibilizar álcool em gel e máscaras de proteção aos colaboradores no interior do estabelecimento e exigir dos consumidores o uso; 
  • Deverá ser mantido pelo menos um colaborador identificado na entrada do estabelecimento com a atribuição para organização das filas externas, bem como orientação de se respeitar a distância mínima de 2 (dois) metros entre às pessoas; 
  • Deverão ser disponibilizados meios adequados para higienização das mãos dos clientes e/ou consumidores com álcool em gel ou água e sabão.

Ibiúna tem 1 morte por causa do covid-19 e três casos confirmados da doença. 

Postar um comentário

0 Comentários