Main Slider

Procon notifica Enel por conta da falta de energia elétrica no estado

A distribuidora tem até hoje para prestar esclarecimentos sobre a falta de energia elétrica


A Fundação Procon-SP, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, notificou a distribuidora de energia elétrica de São Paulo Enel a prestar esclarecimentos sobre a suspensão no fornecimento dos serviços. A empresa tem até hoje (1) para fornecer as informações.

A Enel deverá informar qual a média mensal e diária da suspensão ou corte de fornecimento de energia elétrica em SP; quais os motivos da falta do fornecimento de energia e quais ações foram tomadas para reduzir esse número; qual a política adotada nos casos de pedido de indenização feita por consumidores que sofreram danos materiais em decorrência da falha no serviço de fornecimento; quais áreas sofreram suspensão de fornecimento dos serviços nos últimos cinco dias, quanto tempo durou e se medidas preventivas poderiam ter sido adotadas.

Em Cotia, ao menos 20 bairros sofreram com falta de energia elétrica essa semana. Em alguns casos a energia levou mais de 24 horas para ser restabelecido.

Reclamações

No ano de 2018, dos principais motivos que geraram abertura de reclamação, por volta de 78% tratavam de não atendimento do pedido do consumidor (alta de consumo sem revisão de fatura, não atualização do cadastro, não inspeção do medidor, não realização de perícia do aparelho danificado para indenização); 14% foram sobre indeferimento de pedido de indenização; e 8% sobre não retificação da fatura ou discordância do valor revisado.

Até o fechamento dessa publicação a Enel não havia se pronunciado.


*Procon-SP

Postar um comentário

0 Comentários