Header Ads

Problema na rampa de acessibilidade faz cadeirante não conseguir embarcar no ônibus em Cotia

Empresa Intervias pode ter sanções; Caso é recorrente.


Por volta das 13 horas da última terça-feira (5), um cadeirante não conseguiu embarcar em um ônibus da linha 503 que liga Caucaia do Alto ao bairro do Portão. O caso aconteceu no ponto próximo ao hospital de Cotia. 

Apesar de todos os coletivos da linha conter a rampa de acessibilidade, nem sempre estão operacionais, em um vídeo enviado por um leitor é possível ver o motorista tentando utilizar a rampa, sem sucesso.

Segundo informações dos passageiros, o ônibus foi recolhido e tiveram que aguardar um novo coletivo para seguir viagem.



Vale lembrar que casos como esses são recorrentes, aqui mesmo no Cotia e Cia, já mostramos alguns casos envolvendo o problema.

Recomendação de Leitura:
Fala Cidadão: Idosa cadeirante aguarda por horas ônibus com elevador funcionando em Cotia

O Cotia e Cia, entrou em contato com a EMTU que disse que são realizadas regularmente com a verificação de 400 itens relacionados à conservação, manutenção e segurança. Em todos os ônibus vistoriados, a plataforma elevatória é testada pelo inspetor responsável pela vistoria. 

Em nota a empresa informou que os motoristas devem realizar o teste todos os dias "Antes do horário de início da operação, diariamente, os motoristas das empresas que operam as linhas intermunicipais são orientados a testar a plataforma elevatória. Caso o equipamento esteja inoperante, devem informar ao responsável pelo tráfego para que seja providenciada a troca do veículo."

A EMTU ainda ressaltou que irá agendar uma vistoria no veículo com problema "Se for constatada irregularidade, a concessionária Intervias, que opera a linha em questão, está sujeita a sanções contratuais previstas."

Nenhum comentário

Imagens de tema por Ollustrator. Tecnologia do Blogger.