Main Slider

Você já pode consultar o valor do IPVA 2019; Saiba Como

Em São Paulo alíquota é de 4%.


Geralmente no final do ano as pessoas gastam mais do que devem e ficam no aperto no início do ano. Por isso é importante planejamento, e uma das taxas mais altas é o  Imposto sobre Propriedade Veicular Automotiva (IPVA) que vem logo no início de janeiro. Saiba como será feita a cobrança no próximo ano.

O imposto pode ser dividido em até 3 vezes, com parcelas distribuídas entre os meses de janeiro e março. O contribuinte também pode optar por pagar em uma única parcela com desconto. Junto com o pagamento do IPVA, também é cobrado o seguro veicular DPVAT. Vale lembrar que o custo do DPVAT vai diminuir em 2019.

O valor do IPVA é baseado em uma alíquota diferente em cada estado. Em São Paulo a alíquota é de 4% do valor venal do veículo.
Consulte o valor do seu IPVA clicando Aqui (É necessário RENAVAM + PLACA)

As datas de pagamento são definidas de acordo com o final da placa de cada veículo. Veja abaixo as datas de vencimento para veículos, ônibus, micro-ônibus, caminhonetes e motos no estado de São Paulo:

Placa     Janeiro     Fevereiro         Março

1            9/01             11/02               11/03
2           10/01            12/02               12/03
3           11/01            13/02               13/03
4           14/01            14/02               14/03
5           15/01            15/02               15/03
6           16/01            18/02               18/03
7           17/01            19/02               19/03
8           18/01            20/02               20/03
9           21/01            21/02               21/03
0           22/01            22/02               22/03

Você pode pagar o imposto através de qualquer banco credenciado, como no Banco do Brasil e Bradesco, por exemplo. Os boletos, por sua vez, são emitidos através do site da Secretaria de cada estado.

Vale lembrar que quem optar por pagar o IPVA à vista em janeiro terá desconto no imposto. A redução varia de 3% em São Paulo a 10% no Acre e em Alagoas, por exemplo. Também é possível parcelar o valor total do IPVA em até 3 vezes.

Quando o pagamento não é registrado dentro do período determinado, há uma multa diária. Em São Paulo, por exemplo, a multa é de 0,33% por dia, e após o prazo de 60 dias, é fixada em 20% do valor do imposto.

Caso o motorista continue inadimplente após essa data, a multa será de 40% do valor do imposto e seu nome será enviado ao Cadin estadual e isso também pode impossibilitar o licenciamento do veículo.

*Com informações Auto Esporte.

Postar um comentário

0 Comentários