Header Ads

População faz fila para tentar se vacinar na feira noturna de Cotia

Fila já era grande por volta das 15 horas. Foto (Rodrigo Menino).
Após a Prefeitura de Cotia mudar a programação da vacinação contra febre amarela  em toda a cidade, muitos moradores já estão fazendo fila para tentar se vacinar na feira noturna que é montada em frente ao paço municipal.



Segundo a Prefeitura de Cotia a vacinação começará das 18 horas as 20 horas, porém vale lembrar que as vacinas podem acabar antes do prazo informado pela gestão municipal.

Por volta das 15 horas cerca de 50 pessoas já se encontravam paralelamente a secretaria da saúde aguardando o início da vacinação ou distribuição de senhas. Para se vacinar, é preciso levar documento de identificação e, para menores de 15 anos, é obrigatório apresentar a caderneta de vacinação.

De acordo com a Secretaria de Saúde, mais de 60% da população de Cotia já recebeu a dose da vacina contra a febre amarela e a meta é superar os 80%.

Recomendações:

  • Idade mínima de 9 meses;
  • Lactantes que amamentam acima de 6 meses podem se vacinar, a amamentação deverá ser suspensa por no mínimo 10 dias;
  • Lactantes que amamentam há menos de 6 meses não vacinar; de nove meses vacinar mãe e filho.
  • Em caso de dúvidas, procurar a UBS de referência com as receitas de uso atual para avaliação médica.
Contraindicações:
  • Crianças menores de 9 meses;
  • Portadores de HIV ou Câncer;
  • Pacientes em terapêutica imunodepressora: quimioterapia, radioterapia, corticóide em doses elevadas por mais de 2 semanas;
  • Doenças Auto Imuni (Lupos, Anemia, Falciforme, Renal crônico, Hepatopatas entre outras)
  • Medicações antimetabólicas (por exemplo a azatioprina e ciclofosfamida);
  • Medicamentos modificadores do curso da doença, os biológicos: (Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Rituximabe);
  • Pacientes com história pregressa de doença do timo (miastenia gravis, timoma).
  • Gestantes;
  • Pessoas com história de reações anafiláticas após dose anterior ou ao ovo de galinha.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.