Main Slider

Justiça Eleitoral de Cotia cassa, pela 2ª vez, mandatos de prefeito e vice

Tanto o prefeito quanto o vice já tinham tido os mandatos cassados, em sentença proferida no mesmo processo, em fevereiro de 2017.


A Justiça Eleitoral de São Paulo cassou, pela segunda vez no mesmo processo, os diplomas do prefeito de Cotia, Rogério Cardoso Franco (PSD), e do vice-prefeito da cidade, Almir Rodrigues, levando à consequente perda do mandato de ambos.

Eles foram condenados por abuso de poder político na eleição de 2016 e tiveram ainda decretada a inelegibilidade por 8 anos, contados da eleição de 2016, segundo divulgou o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

A sentença é de 11 de setembro deste ano do juiz da 227ª Zona Eleitoral de Cotia e por ser novamente em 1ª instância, cabe recurso.

Tanto o prefeito quanto o vice já tinham tido os mandatos cassados, em sentença proferida no mesmo processo, em fevereiro de 2017. Mas eles ingressaram com recurso e o TRE anulou aquela sentença, determinando que os políticos tivessem um segundo julgamento, o que ocorreu agora.

O Cotia e Cia entrou em contato com a assessoria do Prefeito de Cotia e aguarda retorno.

Em 2017, quando a Justiça Eleitoral anunciou a cassação do mandato de ambos pela primeira vez, Franco e Rodrigues negaram as acusações e afirmaram que continuariam nos cargos aguardando o julgamento de recursos que ingressaram contra a decisão.

Ainda no mesmo ano o TRE-SP barrou o processo e enviou de volta a primeira instância, na época Rogério Franco divulgou um vídeo em sua página dizendo que sempre acreditou na justiça "Sempre me mantive tranquilo porque acreditei na justiça".

*Informações: G1 e TRE

Postar um comentário

0 Comentários