Header Ads

Estrada de Caucaia é liberada após quase 10 meses de interdição parcial com 5 novas lombadas

Foto Ilustrativa
Na última sexta-feira (30), depois de quase 10 meses de interdições, foi liberada totalmente para o tráfego dos veículos, o trecho de 2 KMs recebeu parte da adutora do novo Sistema Produtor de Água São Lourenço. A tubulação tem 83 km de extensão, dos quais 2 km passam sob a estrada de Caucaia do Alto. A estrada Mineração do Ouro Branco também recebeu a tubulação e estará totalmente liberada até o final deste mês.

Para se ter ideia do tamanho da obra os tubos colocados no subsolo têm 1,80 metro de diâmetro – ou seja, têm altura suficiente para que boa parte dos moradores da região pudesse andar dentro dela. 
Por conta das obras quando chovia a lama invadia a pista.
Durante o período de obras, que foi de 9 meses o que se viu foi grandes transtornos para os motoristas, moradores e comerciantes. Por conta da obra motoristas ficaram horas no trecho que é a principal ligação de Caucaia do Alto e bairros adjacentes à Raposo Tavares, comerciantes sofreram com o barulho, poeira e lama que se formou na via e pedestres tiveram muita dificuldades para se locomover. Durante a interdição houve relatos de vários acidentes na via.
Foto: Portal Viva

Novas lombadas:


A Sabesp informou em nota que durante a execução das obras na estrada de Caucaia do Alto, os veículos de terceiros que trafegavam pelo local andavam em velocidade e passavam muito próximo dos trabalhadores e moradores. Por questão de segurança, foi feita sob a orientação do Departamento de Sinalização Viária (DSV) a instalação provisória de 5 lombadas ao longo deste trecho. Apesar de provisórias, as lombadas permanecem no local após o término das obras na estrada. Segundo a SABESP as mesmas serão retiradas quando a Secretaria de Transporte e Trânsito de Cotia determinar. 


Novo recapeamento:

"Apesar de a adutora ter sido instalada no sentido Raposo Tavares, o consórcio que constrói o Sistema São Lourenço recapeou e sinalizou os dois lados da pista, deixando duas faixas em cada sentido, melhorando o acesso de moradores e comerciantes" diz o release (informações enviadas à veículos de comunicação e jornalistas) enviado pela assessoria da SABESP. Entretanto o que se verifica na estrada de Caucaia é que o asfalto novo contempla as duas pistas sentido Cotia, e não em ambos os sentidos, intercalado pelo jornalista Rudney Oliveira a SABESP informou em nota que  o consórcio responsável pelas obras na região recapeou no sentido Caucaia apenas os trechos que sofreram algum impacto das obras para a construção do Sistema São Lourenço. 

Sobre a obra:

O Sistema São Lourenço é uma obra da Sabesp que está sendo construída pelo modelo de PPP (Parceria Público-Privada). O consórcio executor é formado por Camargo Correa e Andrade Gutierrez e realiza um investimento de R$ 2,21 bilhões, que tem gerado empregos diretos para os moradores e indiretos para o comércio da região. A obra foi iniciada em abril de 2014 e tem previsão de começar a tratar água daqui a um ano, em outubro do ano que vem.

A obra da Sabesp vai levar água para 2 milhões de pessoas, que moram nas cidades de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista.


Tecnologia do Blogger.