Main Slider

Covid-19: Clínica da Mulher vira polo de vacinação para grávidas e puérperas com comorbidades

Unidade fica na rua Topázio, 95, no Jardim Nomura, em Cotia; agendamento é obrigatório

Foto: Reprodução 



A Clínica da Mulher, em Cotia, virou um novo polo de vacinação contra a Covid-19 para atender exclusivamente gestantes e mulheres de deram à luz há no máximo 45 dias (puérperas) com algum tipo de comorbidade e que tenham idade a partir de 18 anos.

O agendamento para esta terça-feira (25) deve ser feito em https://cotia.sp.gov.br/agendamento-covid/.

Quem não tem acesso à internet pode entrar em contato via central de agendamento pelos números 4614-1105, 4616-0378, 4616-5203 e 4614-5176, das 9h às 17h (dias úteis).

Todas deverão apresentar documento oficial com foto e CPF, além do comprovante de agendamento no local da vacinação. Também será necessário levar documento/laudo médico (com CRM legível) que comprove a comorbidade (original e cópia).

As puérperas devem apresentar a certidão de nascimento do seu bebê (com o máximo 45 dias) e as gestantes o cartão de pré-natal.

As doses são limitadas e o sistema bloqueará a agenda assim que a quantidade disponível se esgotar.


Vacinação contra a Covid-19 – 1ª dose

Gestantes e puérperas com comorbidades 18+

Dia 25 de maio

Clínica da Mulher (Rua Topázio, 95, Jardim Nomura)

Agendamento obrigatório: https://cotia.sp.gov.br/agendamento-covid/ ou 4614-1105, 4616-0378, 4616-5203 e 4614-5176, das 9h às 17h (dias úteis)

Obrigatório:

-Documento oficial com foto e CPF

-Comprovante de agendamento

-Levar original e cópia do laudo/receita/relatório médico que comprove a comorbidade constando o CRM e o nome do médico

-Puérperas: Certidão de nascimento do bebê com no máximo 45 dias

-Gestantes: Cartão de pré-natal


Quais comorbidades* estão sendo atendidas?

Cirrose hepática

Diabetes Mellitus acima de 30 anos de idade

Doença renal crônica

Doenças cardiovasculares e cerebrais

Hemoglobinopatia grave

Hipertensão - Quando a pressão arterial permanece acima das metas recomendadas com o uso de pelo menos um anti-hipertensivo ou pressão arterial controlada em uso um fármaco anti-hipertensivo

Imunossuprimido

Obesidade grave (IMC-40)

Paciente oncológico

Pessoa vivendo com HIV

Pneumopatia crônica grave

Síndrome de down

Terapia renal substitutiva/diálise

Transplantado de órgão sólido e medula óssea

Paciente oncológico em tratamento quimioterápico ou radioterapia - nos últimos 6 meses

Deficientes atendidos pelo Benefício de Prestação Continuada (BPC)

*Todos devem apresentar documento com CID que comprova a comorbidade e CRM com nome e assinatura do médico visível/legível (cópia e original).