Header Ads

Ibiúna - SAMU começa dia 24, às 24h, em Ibiúna e região!

O governo Coiti Muramatsu anunciou o início das atividades do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) no próximo dia 24 de fevereiro, a partir da meia-noite. A liberação foi anunciada durante a vistoria técnica realizada no dia 13 de fevereiro, nas dependências do SAMU de Ibiúna, localizado dentro do Hospital Municipal. O secretário Paulinho da Saúde comemorou a boa notícia. "Essa é mais uma ação de nossa equipe em benefício da população. Trazer o SAMU para Ibiúna é uma grande conquista", comentou.

Preparados para qualquer tipo de ocorrência

Durante a vista ao município, Roberto Kuke, diretor do SAMU regional de Sorocaba, elogiou as acomodações de Ibiúna. “Vocês estão preparados e habilitados para iniciar com as atividades. Muita coisa já está além do esperado e isso é muito bom”.

O fato de o Atendimento Pré Hospitalar (APH) já existir no município e estar em funcionamento há mais de três anos colaborou muito. “Vocês não passarão mais pelos chamados caminhos de pedras, onde tudo é novo e dificultoso. Vejo que estão preparados para atender qualquer tipo de ocorrência sem problemas. Já conquistaram sua independência”.

Para o prefeito Coiti, já se tornaram evidentes as transformações positivas na Saúde de Ibiúna. "Em 2009, estávamos mergulhados no caos. Mas, agora, avançamos a cada dia, sempre com boas notícias em benefício da população", afirma. De acordo com o secretário Paulinho da Saúde, essas conquistas são frutos de um trabalho sério, estruturado e fundamentado, feito para perdurar. "O prefeito Coiti foi claro ao dizer que não queria medidas paliativas. Por isso, tivemos de pensar em um projeto que não apenas atendesse às demandas pontuais como, também, modificasse o conceito de sistema de saúde em Ibiúna", aponta.

Serviço SAMU

O SAMU atenderá por meio do número 192. A chamada será direcionada à Central de Regulação Integrada de Urgências e Emergências de Sorocaba, que identificará onde está a pessoa e qual a equipe do SAMU mais próxima, que atenderá a ocorrência. “Se, por exemplo, ocorrer um acidente na Bunjiro Nakao, próximo a Piedade, o SAMU de lá que atenderá. Assim, o serviço será mais rápido e eficaz”, explicou. Cada município possui sua base de operações e será responsável por suas ambulâncias e funcionários. A equipe que compõe o SAMU de Ibiúna passou por diversas capacitações e está pronta para iniciar as atividades.

Ambulância

A ambulância do SAMU é equipada com aparelho de oximetria, aparelho de DEA adulto e infantil (desfibrilador portátil), aparelho de pressão, cadeira de transporte flexível, maletas de socorro, oxigênios e outros.

Porque só agora?

A demora para liberação do serviço do SAMU ocorreu por diversos motivos, entre eles, o fato de todos os municípios participantes estarem com equipe treinada e local adequado e vistoriado. Enquanto isso, a ambulância - que foi entregue por primeiro - teve obrigatoriamente que ficar parada, pois foi proibida a utilização dela sem a vistoria. “Não tínhamos outra alternativa a não ser aguardar. Estávamos com equipe pronta e local adequado, mas não podíamos trabalhar sozinhos, sem autorização do SAMU regional. Agora, com o ok deles poderemos iniciar nossas atividades”, explicou o diretor do Hospital de Ibiúna.
Tecnologia do Blogger.