Header Ads

Funcionários da Educação entram em acordo com a Prefeitura e aulas retornam nesta sexta (11)

Nesta quinta-feira (10/3), após vários protestos uma comissão de professores, secretários de escola e auxiliares de classe foram recebida pelo prefeito Carlão Camargo, secretários Geslayne Dias Camargo (Educação), Moacir Fernandes (Fazenda), José Lopes (Gabinete) e vereadores municipais para debater a pauta solicitada pela categoria.

Dissídio salarial e benefícios

Durante a reunião, a Prefeitura apresentou uma proposta de reajuste, que foi debatida pelos participantes. Após análise, a comissão fez uma contraproposta e ficou decidido que esses profissionais receberão 5% de aumento salarial e pagamento gradual dos benefícios, de acordo com a disponibilidade de recursos municipais para essa finalidade. O valor destinado ao reajuste da categoria é proveniente dos 25% reservados à Secretaria de Educação e o pagamento será retroativo ao dia 1º de fevereiro. 


Plano de carreira

O prefeito da cidade determinou que seja montada uma comissão nos próximos dias para estudar o Estatuto Municipal do Funcionário Público para criação do Plano de Carreira de todos os funcionários, inclusive dos auxiliares de classe e secretários. 

Nas próximas semanas será feita uma nova convocação do Concurso Público para complementar o quadro de auxiliares de classe nas escolas municipais. Também serão convocados agentes escolares.

A Secretaria de Educação conta com aproximadamente 3 mil funcionários e 109 unidades escolares na cidade.

Fim da Paralisação

Os professores, secretários de escola e auxiliares de classe aceitaram a proposta da administração municipal e retomam suas atividades nesta sexta-feira (11/3). A reposição das aulas será feita ainda no primeiro semestre.



Tecnologia do Blogger.