Header Ads

Bairro Turiguara em Cotia têm 16 casos de suspeita de Dengue

No último final de semana recebemos alguns e-mails de moradores do bairro Turiguara em Cotia, falando sobre um suposto surto de Dengue naquela região, o Cotia e Cia entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura do Município que nos encaminhou para Vigilância Epidemiológica.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica há 16 casos suspeitos no bairro do Turiguara e apenas 1 confirmado, sendo que o mesmo, foi considerado importado da  cidade de Praia Grande (litoral paulista). 

Apesar do número de suspeitas, a situação não é crítica, isso porque muitas das vezes há a suspeita, porém não é confirmado.

A Prefeitura informou ainda que realizou na região ações preventivas e retomará ainda este mês com procedimentos de controle e combate.

Como prevenir a Dengue:

Esses mosquitos criam-se na água, obrigatoriamente. A fêmea do mosquito põe os ovos dentro de qualquer recipiente (caixas d'água, latas, pneus, cacos de vidro etc.) que contenha água mais ou menos limpa, colando os ovos nas paredes dos recipientes, bem próximo da água. Os ovos ficam aderidos, e não morrem mesmo que o recipiente fique seco. Não adianta, portanto, apenas substituir a água, mesmo que isso seja feito com frequência. Desses ovos surgem as larvas, que, depois de algum tempo vivendo na água, vão formar novos mosquitos adultos.

O combate ao mosquito deve ser feito de duas maneiras: eliminando os mosquitos adultos e, principalmente, acabando com os criadouros de larvas. Para isso é importante que recipientes que possam encher-se de água sejam descartados ou fiquem protegidos com tampas. Qualquer recipiente com água e sem tampa, inclusive as caixas d’água, podem ser criadouros dos mosquitos que transmitem dengue.

Para reduzir a população do mosquito adulto, é feita a aplicação de inseticida através do "fumacê", que deve ser empregado apenas quando está ocorrendo epidemias. O "fumacê" não acaba com os criadouros e precisa ser sempre repetido, o que é indesejável, para matar os mosquitos que vão se formando. As medidas eficazes, em residências, escolas e locais de trabalho, são:

  • Substituir a água dos vasos de plantas por terra e manter seco o prato coletor de água.
  • Utilizar água tratada com cloro (40 gotas de água sanitária a 2,5% para cada litro) para regar bromélias
  • Desobstruir as calhas do telhado, para não haver acúmulo de água.
  • Não deixar pneus ou recipientes que possam acumular água expostos à chuva.
  • Manter sempre tampadas as caixas d'água, cisternas, barris e filtros.
  • Acondicionar o lixo em sacos plásticos fechados ou latões com tampa.  


Informações sobre prevenção: Inatel.br

Tecnologia do Blogger.