Header Ads

Aterro em Cotia recebe resíduos que podem contaminar o solo, diz MP

Foi ao ar nesta segunda (27), mais uma reportagem do SPTV da rede Globo sobre um aterro localizado em uma área de preservação ambiental em Cotia, que recebe resíduos que podem contaminar o solo, segundo peritos do Ministério Público (MP). O local tem autorização da Prefeitura de Cotia apenas para receber terra de obras.

Na reportagem um promotor, um engenheiro, uma geóloga e um biólogo do MP encontraram provas de descarte ilegal. A visita aconteceu após denúncia do SPTV da rede Globo.

Em um monte escuro de terra, é possível ver restos de materiais de fundição, que são metais que podem contaminar o local. Os materiais irregulares são encontrados a poucos metros de uma lagoa.
Também foram encontrados materiais que só poderiam estar em aterros licenciados pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb). “Ou é um lodo de um tratamento de esgoto ou é um lodo de retirada de sedimentos de fundo de córregos e rios”, disse a perita do MP.

No local, há uma área de manancial, de proteção permanente, que foi aterrada. Por causa do desmatamento ilegal e do depósito irregular de entulho, os donos respondem a uma ação civil pública. Ele receberam nove multas da Cetesb.

O promotor do MP pretende pedir a interdição do local. “Aqui ao lado a gente tem córregos, tem lagos, e com esse material que foi visto aqui, existe uma grande possibilidade de esse material estar contaminando a água e depois ser nocivo à saúde dos seres vivos”, disse o promotor.

Veja abaixo a reportagem que foi ao ar nesta segunda (27), e as demais reportagens citadas:




Tecnologia do Blogger.