Header Ads

Raposo Tavares ganha 12 radares entre SP e Cotia até o fim de agosto

Média é de 4,7 acidentes por dia neste ano, segundo a Polícia Rodoviária. Segundo o DER, equipamentos ficarão em locais com acidentes frequentes


[caption id="attachment_4325" align="aligncenter" width="620"]raposo Em 2014, já foram 1.009 acidentes no trecho do do km 10 ao 34 (Foto: Caio Prestes/G1)[/caption]

A Rodovia Raposo Tavares, que liga São Paulo ao interior do estado, vai ganhar 12 radares no trecho entre Cotia e São Paulo. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela administração do trecho, a medida tem a meta ajudar na redução de acidentes: neste ano, a média é de 4,7 acidentes por dia, segundo dados da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).


O DER diz que os equipamentos estão sendo colocados em "pontos de atenção, onde há ocorrências de excessos de velocidade”. A sinalização alertando a existência dos radares ainda está em implantação. A operação deve ser finalizada até o final de agosto, quando as multas devem começar a ser aplicadas.


O órgão afirma que estão sendo instalados 12 radares ao longo da via, em ambos os sentidos. Os aparelhos foram instalados com distâncias entre dois quilômetros e 500 metros uns dos outros. O DER afirma que os equipamentos precisam da homologação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO) e por esse motivo a sinalização ainda não foi totalmente instalada.


Número de acidentes
A Polícia Rodoviária Federal aponta que, entre 2009 e 2013, o trecho teve média de quase 2,4 mil acidentes por ano. Em 2013, entretanto, o número foi o menor no período, com 1.846 acidentes.
Para a PRF, o número é resultado do aumento de multas aplicadas no ano anterior, quando foram registradas 44 mil autuações, quase o dobro dos ano anterior. Em 2014, até o dia 31 de julho, a PRE informou que foram 1.009 acidentes no mesmo trecho da Raposo Tavares. A média é de 4,7 acidentes por dia.


*G1 SP.

Tecnologia do Blogger.