Header Ads

Assassino de policial militar é preso em Ibiúna

Delegacia logo após a prisão do assassino.
No começo da tarde desta segunda-feira (5) foi preso, na região central de Ibiúna, o assassino confesso do Policial Militar Everaldo Fernando de Moura, 36 anos, ocorrida na noite do último domingo (4) [Saiba mais clicando aqui].

A prisão de Diego Mendes Reis, 23 anos, aconteceu após uma denúncia anônima, com informações sobre o paradeiro do indivíduo, a denuncia inclusive mencionou a rota de fuga. Com as informações, equipes da Guarda Civil de Ibiúna passaram a acompanhar um táxi ( modelo Corolla)  em um percurso de aproximadamente 3 quilômetros, desde a entrada do Conjunto Habitacional Santa Lúcia (CDHU) até a rotatória, já na saída para São Paulo, onde houve a abordagem.

Vítima, Fernando de Moura
Vale destacar que no momento do percurso foi utilizado um veículo, descaracterizado, do Serviço Reservado da Guarda Civil de Ibiúna  " Procuramos fazer uma abordagem com  cautela, uma vez que o indivíduo estava portando uma arma (.40) do PM assassinado" informou o GCM Santos, responsável pela prisão. O mesmo ainda informou que no momento da prisão o indivíduo não esboçou reação, confessou o crime e  entregou a arma, que estava escondida no banco do táxi. Ainda de acordo com Santos, a preocupação da GCM era preservar a integridade física de terceiros, inclusive do taxista e da esposa de Diego, grávida de sete meses, que também estava no táxi.

 De acordo com informações da polícia, o assassinato ocorreu após um desentendimento entre cunhados, já que  a vítima mantinha um relacionamento com a  irmã do assassino.  Por motivos ainda desconhecidos, logo após afastar-se do quarto do casal, o indivíduo armou-se com uma  faca e retornou, em seguida, batendo na porta. Quando  o policial abriu, levou uma facada no pescoço e foi desarmado. Na sequência, já com a arma de fogo em mãos, Diego efetuou um disparo certeiro na cabeça do policial, fugindo em seguida, na direção de um matagal. A vítima ainda foi socorrida com vida, mas morreu assim que deu entrada no Hospital Municipal de Ibiúna.
Arma encontrada com o assassino.Foto/GCM Ibiúna
Colaboração: Gazeta de Ibiúna
Tecnologia do Blogger.