Header Ads

Advogado é preso em Cotia pela Polícia Federal por divulgar pornografia infantil

advogado preso por divulgar pornografia infantil
Polícia Federal/Divulgação
Um advogado, de 49 anos, foi preso por policiais federais na manhã desta quarta-feira (5) em Cotia, suspeito de divulgar material com pornografia infantil pela internet. Além disso, os policiais federais cumpriram três mandados de busca e apreensão no escritório dele e em outros endereços em Taboão da Serra, nesta quarta-feira.
A investigação teve início em janeiro de 2012, após a identificação do suspeito, que trocava mensagens com conteúdo pornográfico com outro homem, preso em 2010. De acordo com a PF, uma das maneiras do advogado ter acesso a suas supostas vítimas era se aproximar de mulheres solteiras, mães de crianças pequenas com idades de 7 a 10 anos.

A prisão:
Com um mandado de prisão e três de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal Federal de São Paulo, os agentes federais entraram na casa do suspeito, em Cotia e nos escritórios dele, em Taboão da Serra .
A Polícia Federal apreendeu discos rígidos contendo arquivos criptografados (codificados), pendrives e câmeras. Todo material será submetido à perícia.

De acordo com a PF, o mandado de prisão foi fundamentado no crime de divulgação de pornografia infantil. Ainda conforme a polícia, a investigação continua. O advogado será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

*Com informações do R7
Tecnologia do Blogger.