Header Ads

Cotia promoveu Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa!

Cotia promoveu na sexta-feira (15/6), no Espaço Viver a Vida, o Fórum de Discussão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra o Idoso.

O objetivo foi despertar uma consciência social e política, da existência da violência contra a pessoa idosa. O evento contou a presença dos secretários da Saúde, Mulher, Assistência e Desenvolvimento Social, a presidente do Fundo Social, o palestrante Dr. Luiz Carlos Vieira, Delegado da Delegacia do Idoso, de Barueri. Além dos idosos, comunidade e convidados.

Cada representante das Secretarias falou sobre a preocupação com a população idosa de Cotia, que atualmente gira em torno de 16 a 17 mil idosos. Abordaram questões como: maus tratos; transporte coletivo e alternativo; direitos e valores; e outros assuntos rotineiros no dia a dia que são debatidos como o amparo e cuidados ao idoso.

O palestrante, Dr. Luiz Carlos Vieira, abordou temas diversificados explicando aos presentes quais os direitos do idoso, como por exemplo, o transporte coletivo concedido nacionalmente ao idoso a partir dos 65 anos. Porém, o município pode ter sua lei municipal e conferir o benéfico a partir dos 60 anos, como é o caso de Cotia.

Também ressaltou que o idoso deve procurar pelo Curador do Idoso (que é o Promotor de Justiça do município) e denunciar sua agressão seja ela, física ou moral. Destacou que a Delegacia do Idoso está à disposição de todos os idosos, ou o número 181 para denúncias.

A representante da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, falou sobre o direito ao Benefício de Prestação Continuada (BPC)- LOAS; a Saúde discorreu sobre o transporte de pacientes que se deslocam para outras localidades, e anunciou que novas medidas estão sendo tomadas para sanar o problema como: aquisição de veículos e a renovação de contrato dos prestadores de serviços que executam o transporte desses pacientes; já o Transportes e Trânsito realizou durante o evento o cadastramento dos idosos para adquirir o cartão de estacionamento de veículos, que confere vagas destinadas ao uso exclusivo de pessoas idosas. Os idosos também puderam levar para casa o formulário a ser preenchido com alguns requisitos básicos, e farão a entrega na sede da Secretaria de Transportes e Trânsito.

Em seguida foi aberto o debate para as perguntas sobre os diversos tipos de violência contra a pessoa idosa. Na sequência houve a apresentação de um monólogo por Neide Bizarro, do setor de Educação Permanente e Humanização.

Finalizando o evento os idosos realizaram a apresentação da dança circular com as professoras Magaly e Enezita, e logo depois foi servido um café da manhã.

O Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa foi instituído em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa. A data é lembrada em todo o mundo com diversas atividades visando a busca pela garantia dos direitos da população acima dos 60 anos.

As pessoas idosas têm asseguradas na Constituição Federa e em leis específicas os direitos necessários para viver com dignidade. O Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/03) prevê que, é obrigação do Poder Público garantir às pessoas idosas a proteção à vida, à saúde, à acessibilidade, ao atendimento preferencial, entre outras medidas que garantam o seu bem estar e envelhecimento saudável.
Tecnologia do Blogger.