Header Ads

Chip roubava 20% de combustível por abastecimento em posto na Granja Viana

Você já parou em um posto de combustível para abastecer e percebeu que o ponteiro nem mexeu? Se você já passou por isso é bom ficar atento. Na última semana, policiais da Delegacia de Crimes Contra o Meio Ambiente, ligada à Seccional de Carapicuíba, em parceria com agentes do Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas), fecharam dois postos de combustíveis. Um em Carapicuíba, na avenida Inocêncio Seráfico; e outro em Cotia, na região da Granja Viana.


Segundo Fernando Shimidt, delegado titular que acompanhou a ação, foram apreendidos 56.967 litros de combustíveis. Para fraudarem a quantidade vendida ao cliente, os malandros instalaram um dispositivo eletrônico na placa controladora das bombas. No momento do abastecimento, o chip fazia a leitura do pedido e o consumidor deixava de receber 20% da quantidade solicitada. Por exemplo, a cada 20 litros vendidos, apenas 16 eram despejados no tanque do veículo. Se aplicarmos o impacto da fraude na estrada, um carro que faz 10 quilômetros com um litro de combustível, por exemplo, deixaria de rodar 40 quilômetros.

O consumidor via na bomba a quantia de 20 litros mas na verdade levava 16. É uma fraude muito grave e um prejuízo enorme para os consumidores que, em época de crise, vê 20% a menos como uma quantia significativa. Trata-se de um crime contra as relações de consumo”, disse Shimidt.

Os agentes do Ipem lacraram as bombas e os postos ficarão fechados até que as bombas sejam regularizadas. Os responsáveis pelos estabelecimentos foram presos em flagrante. Na manhã de ontem, 19, um dos postos que havia sido fechado rompeu o lacre e voltou a funcionar irregularmente. O responsável pelo rompimento do lacre foi preso por desobediência.

Segundo Shimidt, o combustível é apreendido e o posto fica lacrado até declaração do Ipem. Durante esse período, o estabelecimento não pode funcionar. O combustível só poderá ser comercializado após a liberação realizada pelos fiscais do Ipem.

Não foram divulgados os nomes dos postos.

*WebDiário
Tecnologia do Blogger.