Header Ads

Exclusivo: Em possível desastre ambiental, bombeiros não terão acesso a Reserva do Morro Grande

A reserva do Morro Grande, que é considerado um paraíso ecológico de 10.660 hectares, que constitui-se num riquíssimo remanescente de Mata Atlântica até o momento preservado, está sofrendo com problemas de queimadas, poluição e tempo seco. 

Em uma visita do Gestor Ambiental André Domingues a reserva, o mesmo constatou e registrou vários pontos de queimadas na reserva, além disso faz um alerta importante  “ com a duplicação da ferrovia não existe mais possibilidade de entrada com carro ou caminhões na reserva em caso de acidentes ou queimadas. Uma tragédia anunciada.”  alerta.

Com a duplicação da ferrovia não há como realizar ações preventivas pela SABESP que tem jurisdição da reserva por conta dos mananciais que nascem na reserva. Em fotos registrada no último dia 12 de julho, podemos verificar vários pontos de queimadas isoladas, além de lixo jogado no manancial. A seca e geada pode ter contribuído com tais queimadas.


Tecnologia do Blogger.