Header Ads

Prefeitura de São Paulo propõe faixa exclusiva para ônibus na Raposo; DER é contrário

A prefeitura de São Paulo propôs a criação de uma faixa exclusiva para ônibus no perímetro urbano da Rodovia Raposo Tavares, medida que beneficiaria aproximadamente 133 mil passageiros nas 20 principais linhas que trafegam pela estrada.

No entanto o DER – Departamento de Estradas de Rodagem, órgão estadual, é contra o projeto que demandaria adequações no viário para a instalação da estrutura. As atuais faixas de rolamento, com larguras entre 3,5 metros e 3,6 metros se tornariam mais estreitas, e a velocidade média dos coletivos hoje em 8 km/h, subiria para 20 km/h. A faixa teria 10 quilômetros de extensão.

O DER afirma que a medida pode afetar a segurança dos motoristas e, principalmente de motociclistas. Passam no trecho urbano da rodovia 185 mil veículos, sendo a estrada estadual mais movimentada de São Paulo.

O Governo Estadual ainda estuda a implantação de uma linha metroviária, denominada como 22 que passaria pela região da rodovia, ligando a capital até o município de Cotia. Mas esse projeto se sair do papel só acontecerá depois de 2020.

Estudos iniciais apontavam 16 estações ao longo da rodovia: Parque Jardim Previdência, Jardim Bonfiglioli, L‟Abitare, Educandário Ester, Monte Belo, Jardim Boa Vista, COHAB Raposo Tavares, Santa Maria, Estrada da Aldeia, Granja Viana, Mesopotâmia, Estrada do Embu, Parque Alexandria, Sabiá, Rotary e Cotia (Centro).

*ViaTrólebus 
Tecnologia do Blogger.