Header Ads

Coletores de lixo entram em greve em Cotia e mais de 100 cidades

Imagem Ilustrativa
Os coletores de lixo de Cotia, entraram em greve nesta segunda feira (23). Os trabalhadores foram impedidos por sindicalistas do SIEMACO – Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação, o sindicato está reivindicando reposição salarial de 11,73% mais benefícios para os associados. Março é o mês de dissídio coletivo da categoria.

A paralisação atinge todo o Estado de São Paulo, à exceção das cidades de Campinas e da capital do Estado, que têm datas diferentes de dissídio.

Os caminhões de coleta não puderam sair da base operacional da Ambiental Cotia e, com isso, o serviço ficou prejudicado. As equipes de limpeza da Ambiental que prestam serviços à Secretaria de Obras de Cotia também não saíram do pátio da secretaria.

A negociação continua entre o SIEMACO e o SELUR – Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana, que ofereceu reajuste de 6,5%, mas não há previsão de término da paralisação.

Em nota a Secretaria de Obras de Cotia solicita aos moradores que armazenem o lixo doméstico dentro das propriedades até a volta da coleta, para evitar que o lixo depositado fique acumulado, atraindo moscas e animais.
Tecnologia do Blogger.